O inverno vem aí! 8 dicas para melhorar a imunidade na estação

Na manhã desta segunda-feira (13), São Paulo chegou a bater 0ºC em algumas localidades; veja como melhorar a imunidade para o inverno

É necessário melhorar a imunidade no inverno por conta de doenças típicas da estação
É necessário melhorar a imunidade no inverno por conta de doenças típicas da estação - Shutterstock

por Loyane Lapa
Publicado em 13/06/2022 às 15:00
Atualizado às 15:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Moradores de São Paulo e do Rio de Janeiro acordaram na manhã de hoje com uma queixa: o frio. De acordo com os termômetros, São Paulo chegou aos 6 °C na última madrugada, batendo quase zero graus no extremo da capital. Já no Rio de Janeiro, a mínima pode chegar aos 12 °C, coisa que nem todo carioca está acostumado... 

As baixas temperaturas são um pequeno spoiler do que o inverno promete, já que a estação mais fria do ano começa na próxima terça-feira (21). Nesse sentido, nada melhor do que poder se agasalhar, se manter quentinho e também dar aquele gás para melhorar a imunidade, afinal, a temporada sempre traz consigo doenças típicas.

E a dica vale principalmente para a população mais vulnerável, como crianças e idosos. Por isso, além lavar sempre as mãos e deixar o ambiente bem ventilado, vale a pena investir nas dicas que o infectologista Guilherme Furtado separou para quem deseja dar aquela turbinada no sistema imunológico. Confira:

8 dicas para melhorar a imunidade para o inverno:

  • mantenha o ambiente úmido: com essa atitude, fica mais difícil para os vírus permanecerem no ar. Contudo, é importante não exagerar nesta medida, já que muita umidade favorece o surgimento de fungos;

  • durma bem: essa é uma temporada complicada, já que nem todo mundo consegue ter boas noites de sono em noites de frio. A grande questão é que dormir bem é essencial para melhorar a imunidade, pois o sono libera citocina, proteína importante no combate de infecções. Então, já sabe né? Trate de caprichar em pijamas quentinhos antes de dormir, além de vários cobertores;

  • não deixe de beber água: é complicado manter a quantidade recomendada de água em dias de frio, não é mesmo? Mas saiba que manter o corpo hidratado ajuda a eliminar toxinas, além de manter o muco do trato respiratório mais fluido;

  • capriche na alimentação (balanceada, é claro!): para melhorar a imunidade, é muito importante que você mantenha uma dieta saudável e equilibrada. E isso inclui uma alimentação rica em ingredientes integrais, além de frutas e vegetais frescos. Uma grande parte do seu sistema imunológico está no trato digestivo, portanto, é essencial manter a flora intestinal saudável e funcionando bem;

  • pratique atividade física: quando a temperatura abaixa, logo bate aquela preguiça, né? Mas é justamente a atividade física que aumenta o fluxo sanguíneo, fazendo com que os glóbulos brancos — células de defesa do organismo — circularem melhor pelo corpo. Sendo assim, para melhorar a imunidade, é importante a prática regular de exercícios, mesmo que de maneira leve, tudo bem?

  • passe algum tempo ao ar livre: ficar confinado pode ajudar na transmissão de vírus, principalmente os respiratórios. Tome um pouco de ar fresco e reabasteça a reserva de vitamina D com o sol, mesmo que seja na varanda do apartamento ou no quintal de casa;

  • evite estresse: seu estado de espírito também afeta a imunidade. Por isso, é muito importante que você cuide da sua saúde mental. Caso esteja com problemas ou se sinta deprimido, vale procurar ajuda médica;

  • nada de bebidas alcoólicas e cigarro: estes são hábitos que prejudicam e muito o sistema imunológico. Enquanto o cigarro suprime os anticorpos criados pelo corpo para combater o vírus da gripe, o álcool atua desidratando o corpo, tornando seu organismo em um ambiente propício para o vírus. Então, é muito importante que, para melhorar a imunidade, você mantenha esses hábitos bem longe!

Fonte:Saúde em Dia; Dr. Guilherme Furtado, infectologista do Hcor.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.