Oração de Santa Rita de Cássia para causas impossíveis

Conheça sua história de devoção e receba as graças de seu poder

oração de Santa Rita de Cássia
Ilustração: Renato Nascimento/Colaborador

No dia 22 de maio, realize uma oração de Santa Rita de Cássia, a protetora das causas impossíveis, das mães e esposas. Celebrada e homenageada nessa data, a divina concede uma benção poderosa para aqueles que pedem pela sua intercessão em momentos de desespero.

Elevar a fé na Santa é sinônimo de auxílio em situações de maior aflição, pois com ela podemos reencontrar o caminho da felicidade. Então, quando sentir que suas esperanças estão quase perdidas, não se entregue ao desespero.

História de Santa Rita de Cássia

Rita de Cássia nasceu em 1381 na Itália. Ainda criança, já demostrava vocação para a vida religiosa. Porém, foi obrigada a se casar, aos 12 anos de idade, com Paulo Ferdinando. Este era um homem violento, que batia nela. Durante 18 anos, Rita tolerou essa vida e teve com o marido dois filhos gêmeos. Ela pedia sempre a conversão de Ferdinando a Deus e, um dia, seu pedido foi atendido.

Seu esposo se arrependeu de tudo o que havia feito. Porém, logo depois, ele foi assassinado. Seus filhos ficaram revoltados com isso e desejavam matar o assassino.

Rita queria fazê-los desistir da ideia, mas não mudavam de opinião. A Santa, então, rezou e pediu a Deus que intercedesse, já que achava melhor ver seus filhos mortos a se tornarem assassinos. Um tempo depois vieram a falecer de uma doença grave, não sem antes perdoar o assassino de seu pai, convencidos pela mãe.

Entrada no convento

Como havia ficado sozinha, Rita buscou o convento das agostinianas de Cássia. Mas a sua entrada não foi permitida, já que ela não era mais virgem. Ela tentou novamente mais duas vezes, porém teve sempre uma resposta negativa. Conta-se que, rezando, ela foi milagrosamente transportada para o interior do convento. Depois disso, ela foi aceita e viveu no local até os 76 anos.

Por sua devoção a Jesus Cristo Crucificado, Rita pediu que Deus lhe desse uma lembrança sensível da Paixão do Senhor. Então, um espinho se desprendeu da imagem de Jesus Crucificado e cravou-se na testa da santa. Essa ferida ficou em seu corpo até a sua morte, o que causou muito sofrimento.

Rita faleceu em 22 de maio de 1457. A história revela que uma luz invadiu o local onde ela estava, assim como um perfume que alcançou o mosteiro inteiro. A ferida do espinho tornou-se brilhante e cor de rubi.

Oração a Santa Rita de Cássia

Faça um pedido especial a ela

“Ó poderosa e gloriosa Santa Rita, eis a vossos pés uma alma desamparada que, necessitando de auxílio, a vós recorre com a doce esperança de ser atendida por vós que tendes o incomparável título de santa dos casos impossíveis e desesperados. Ó cara santa, interessai-vos pela minha causa, intercedei junto a Deus para que me conceda a graça de que tanto necessito (peça a sua graça). Não permitais que tenha de me afastar de vossos pés sem ser atendido. Se houver em mim algum obstáculo que me impeça de obter a graça que imploro, auxiliai-me para que o afaste. Envolvei o meu pedido em vossos preciosos méritos e apresentai-o a vosso celeste esposo, Jesus, em união com a vossa prece. Ó Santa Rita, eu ponho em vós toda a minha confiança; por vosso intermédio, espero tranquilamente a graça que vos peço. Santa Rita, advogada dos impossíveis, rogai por nós.”

Leia também: