Salmos iluminados para combater o desânimo

Conte com a ajuda dos salmos e saia do desânimo e de tudo aquilo que lhe faz mal. Leia-os com muita fé e receba inúmeras graças!

Mãos abertas em direção aos céus
FOTO: iStock.com

Muitas vezes passamos por momentos em que nossa angústia e nossa aflição parecem não ter fim. Acordamos sem vontade de levantar da cama, nosso dia parece durar uma eternidade e nada nos motiva. Se você está passando por isso, fique atenta. Procure ajuda médica e recorra a esses salmos libertadores. Eles vão lhe trazer a paz interior e lhe dar forças para buscar a cura e sair dessa situação.

SAIBA MAIS

Alcance graças com o poderoso Salmo 23

9 orações poderosas para tudo

Novena poderosa pela cura interior

Mãos abertas em direção aos céus

FOTO: iStock.com

Salmo 8

Leia esse salmo para…
… livrar-se do desânimo e da depressão.

“Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a Terra, pois puseste a tua glória sobre os céus! ✣ 2 Tu ordenaste força da boca das crianças e dos que mamam, por causa dos teus inimigos, para fazer calar ao inimigo e ao vingador. ✣ 3 Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; ✣ 4 Quem é o homem mortal para que te lembres dele? E o filho do homem, para que o visites? ✣ 5 Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste. ✣ 6 Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés: ✣ 7 Todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo, ✣ 8 As aves dos céus, e os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares. ✣ 9 Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome sobre toda a Terra!”

Salmo 54

Leia esse salmo para…
… se proteger da tristeza.

“Salva-me, ó Deus, pelo teu nome, e faze-me justiça pelo teu poder. ✣ 2 Ó Deus, ouve a minha oração, inclina os teus ouvidos às palavras da minha boca. ✣ 3 Porque os estranhos se levantam contra mim e tiranos procuram a minha vida; não têm posto Deus perante os seus olhos. (Selá.) ✣ 4 Eis que Deus é o meu ajudador, o Senhor está com aqueles que sustêm a minha alma. ✣ 5 Ele recompensará com o mal os meus inimigos. Destrói-os na tua verdade. ✣ 6 Eu te oferecerei voluntariamente sacrifícios; louvarei o teu nome, ó Senhor, porque é bom, ✣ 7 Pois me tem livrado de toda a angústia; e os meus olhos viram o meu desejo sobre os meus inimigos.”

Foto de uma Bíblia aberta sobre uma mesa

FOTO: iStock.com

Salmo 74

Leia esse salmo para…
… acabar com as angústias e dormir tranquila.

“Ó Deus, por que nos rejeitaste para sempre? Por que se acende a tua ira contra as ovelhas do teu pasto? ✣ 2 Lembra-te da tua congregação, que compraste desde a antiguidade; da vara da tua herança, que remiste; deste monte Sião, em que habitaste. ✣ 3 Levanta os teus pés para as perpétuas assolações, para tudo o que o inimigo tem feito de mal no santuário. ✣ 4 Os teus inimigos bramam no meio dos teus lugares santos; põem neles as suas insígnias por sinais. ✣ 5 Um homem se tornava famoso, conforme houvesse levantado achados, contra a espessura do arvoredo. ✣ 6 Mas agora toda obra entalhada de uma vez quebram com machados e martelos. ✣ 7 Lançaram fogo no teu santuário; profanaram, derrubando-a até ao chão a morada do teu nome. ✣ 8 Disseram nos seus corações: ‘Despojemo-los duma vez’. Queimaram todos os lugares santos de Deus na Terra. ✣ 9 Já não vemos os nossos sinais, já não há profeta, nem há entre nós alguém que saiba até quando isto durará. ✣ 10 Até quando, ó Deus, nos afrontará o adversário? Blasfemará o inimigo o teu nome para sempre? ✣ 11 Porque retiras a tua mão, a saber, a tua destra? Tira-a de dentro do teu seio. ✣ 12 Todavia Deus é o meu Rei desde a antiguidade, operando a salvação no meio da Terra. ✣ 13 Tu dividiste o mar pela tua força; quebrantaste as cabeças das baleias nas águas. ✣ 14 Fizeste em pedaços as cabeças do leviatã, e o deste por mantimento aos habitantes do deserto. ✣ 15 Fendeste a fonte e o ribeiro; secaste os rios impetuosos. ✣ 16 Teu é o dia e tua é a noite; preparaste a luz e o sol. ✣ 17 Estabeleceste todos os limites da terra; verão e inverno tu os formaste. ✣ 18 Lembra-te disto: que o inimigo afrontou ao Senhor e que um povo louco blasfemou o teu nome. ✣ 19 Não entregues às feras a alma da tua rola; não te esqueças para sempre da vida dos teus aflitos. ✣ 20 Atende a tua aliança; pois os lugares tenebrosos da Terra estão cheios de moradas de crueldade. ✣ 21 Ó, não volte envergonhada a oprimida; louvem o teu nome aflito e necessitado. ✣ 22 Levanta-te, ó Deus, pleiteia a tua própria causa; lembra-te da afronta que o louco te faz cada dia. ✣ 23 Não te esqueças dos gritos dos teus inimigos; o tumulto daqueles que se levantam contra ti aumenta continuamente.”

 

Edição: Júlia Martins/Colaboradora | Design: Aline Barudi