Conto erótico: rapidinha na garagem da empresa

Esse conto erótico vai fazer você olhar para o colega de trabalho de um jeito diferente. Inspire-se na história e se imagine no lugar das personagens!

mãos de casal no vidro do carro embaçado durante o sexo
Por Lirian Coelho - 05/08/2016

FOTO: iStockphoto.com

Ter fantasiais sexuais é natural e muito saudável. Há pessoas que fantasiam ser escravas sexuais, tem casais que apimentam a relação se imaginando serem olhados enquanto transam e tem também muita gente que se excita só de pensar em se envolver com um flerte do trabalho. Você também faz parte do grupo que adoraria ter um caso na empresa? Então inspire-se nesse conto erótico!

mãos de casal no vidro do carro embaçado durante o sexo, conto erótico

FOTO: iStockphoto.com

Conto erótico: rapidinha na garagem da empresa

“Trabalho em um lugar legal, com gente simpática e bonita, mas tem um cara em especial que chama minha atenção já tem um tempo. Ele é alto, moreno e forte. Apesar de gato, nunca me dava muita atenção, e olha que eu sempre passava pela mesa dele me insinuando!

Um dia, fiquei até mais tarde no trabalho e a única porta ainda não trancada era a da garagem do prédio. Já estava tudo escuro e eu achava que era a única pessoa no local, até que ouvi um barulho forte no andar de baixo. Desci correndo as escadas para a garagem, pois senti medo. Quando cheguei lá, já apavorada com os passos atrás de mim, vi que ainda tinha um carro na garagem. De quem será?

Naquele instante, uma mão me puxou muito forte e, quando me virei, era o moreno! No mesmo momento, meu medo se transformou em tesão. Ele não falou nada, só me chamou de safada e falou que sabia o que eu sentia por ele. Fiquei molhada na hora. Ele me jogou dentro do carro, no banco de trás, e já foi tirando a minha calcinha. Eu queria muito aquilo e rasguei a camisa dele de tanta ansiedade.

Totalmente entregue (a ele), ele me possuiu e caiu de boca no meio das minhas pernas. Me chupava como ninguém antes havia feito. Ele me lambia com tanta vontade que eu já não estava aguentando e ia gozar ali mesmo. Quando ele percebeu que eu me retorcia toda, ele começou a me penetrar. Foi rápido, mas foi o suficiente para ser a melhor transa da minha vida!”

Veja mais:

Etiqueta do sexo: o que não fazer na hora H

Orgasmo: 7 dicas infalíveis para chegar lá

Sexo oral: as melhores posições para dar e receber prazer