8 produtos de casa que tem prazo de validade e você não sabia

Existem alguns produtos de casa que parecem eternos, mas na realidade eles têm prazo de validade como qualquer outro! Leia na matéria completa!

Almofadas douradas decoração
FOTO: Reprodução

Nós nos acostumamos a ver a data de validade dos produtos perecíveis de casa, como o leite, a farinha, doces… Mas sabia que existem alguns outros objetos que também devem ser trocados de tempos em tempos e não prestamos atenção? São objetos comuns do dia a dia que, muito ao contrário do que pensamos, não duram para sempre.

Fique atento nas dicas que o portal separou para você se manter atenta:

1. Almofadas e travesseiros – Entre 2 e 3 anos

Esses objetos podem ser colônias de ácaros e bactérias ao longo do tempo, independente do material de enchimento dele. Fora que o formato vai modificando com o tempo e pode prejudicar o pescoço do usuário.

Almofadas douradas decoração

FOTO: Reprodução

2. Toalha de banho – Entre 1 e 3 anos

Toalhas molhadas são o ambiente perfeito para as bactérias reproduzirem e proliferarem. Mesmo com lavagem constante, elas não saem do tecido completamente.

3. Escova de dentes – 3 meses

Não se trata apenas de trocar o objeto quando as cerdas ficam gastas, a escova de dentes aloja bactérias que proliferam o tempo inteiro. Quando você fica resfriada, por exemplo, o ideal é trocar, pois o vírus da doença fica alojado na escova.

Escovas de dente coloridas

FOTO: Reprodução

4. Pentes e escovas – 1 ano

As escovas de cabelo devem ser lavadas uma vez por semana e a troca deve ocorrer anualmente, devido a quantidade de uso e possível proliferação de bactérias nos cabelos.

5. Chupeta – No máximo 5 semanas

Chupetas são feitas de látex e esse material contém diversos micróbios que se alojam, portanto, irrelevante ao aspecto, precisam ser substituídas.

6. Sutiã – Entre 1 e 2 anos

No momento em que a elasticidade dele se for e o formato começar a distorcer, vai te incomodar. Hora de jogar fora.

Sutiã vermelho

Foto: Divulgação

7. Tênis de Corrida – 1 ano

Após 500km eles perdem o poder de absorção de impacto e começam a fazer o trabalho contrário: sobrecarregar as articulações.

8. Temperos – 1 ano

Temperos que são moídos tendem a durar, no máximo, 6 meses, desde que bem conservados. Outras, como canela em pau, duram 1 ano nas condições corretas de armazenamento, porém, conforme o tempo passa, vão perdendo as essências e sabores.

Temperos diversos sobre a mesa

FOTO: Reprodução

LEIA TAMBÉM