Previna o câncer e melhore a visão com os benefícios do brócolis

A cor verde dos alimentos revela: são repletos de antioxidantes, fibras, minerais e vitaminas. Protegem contra o câncer, melhoram a visão e muito mais!

beneficios-brocolis-saude-cancer
Foto: iStock.com/Getty Images

O brócolis é um dos principais alvos de estudos que envolvem prevenção de doenças. Uma pesquisa da Universidade de Medicina Johns Hopkins, nos Estados Unidos, mostrou que o alimento é fonte de substâncias que promovem a produção de enzimas responsáveis por combater a formação de tumores. O legume também age contra a bactéria causadora de gastrite e protege contra câncer de estômago.

beneficios-brocolis-saude-cancer

Foto: iStock.com/Getty Images

 

Esses benefícios são garantidos pelo sulforafano, composto antioxidante presente não só no brócolis, mas também em outros vegetais crucíferos (couve-flor, repolho, couve-de-bruxelas, couve-manteiga). O sulforafano é um dos elementos que dão a cor verde a alguns vegetais e, assim, também é encontrado em outros alimentos, como agrião, rúcula e abobrinha. “É um flavonoide que atua no fígado, estimulando a produção de enzimas ativadoras da imunidade e que combatem substâncias cancerígenas”, explica a médica ortomolecular e nutróloga Tamara Mazaracki.

Visão protegida

Outro antioxidante responsável pela coloração esverdeada dos alimentos é a luteína. Estudos sugerem que a substância pode prevenir o câncer de cólon, porém age principalmente na área dos olhos, protegendo contra a degeneração macular. A doença atinge a mácula, região central da retina que proporciona a visão de detalhes. Mais comum após os 60 anos, dificulta atividades como a leitura. Como ainda não existe tratamento eficaz para a degeneração macular, a prevenção é fundamental.

visao favorecida brocolis

Foto: Shuttertock

Poderosos buquês

Nutricionistas recomendam o consumo de 3 xícaras (chá) de brócolis por semana. Para manter os nutrientes, o melhor é cozinhar no vapor. Segundo cientistas da Inglaterra, o vegetal auxilia na prevenção do câncer de próstata. Além disso, o brócolis é uma das melhores fontes de ácido fólico, que não deve faltar no cardápio das mulheres que planejam engravidar. O nutriente age, desde o início da gestação, na formação do bebê, colaborando com o desenvolvimento do seu sistema nervoso. “Na hora da compra, prefira os buquês mais verdes, pois as flores amarelas indicam que o alimento já não está tão fresco. Deve ser conservado em geladeira, em saco plástico perfurado, por até 4 dias”, recomenda a nutricionista Teresa Labanca

Mais verde, mais saúde

Além da proteção antioxidante, os vegetais esverdeados são capazes de fornecer muito mais benefícios. Confira!

Folhas verde-escuras (rúcula, agrião, espinafre, almeirão, couve, etc.): são ótimas fontes de fibras, que melhoram o funcionamento do intestino. “Também são ricas em cálcio e fundamentais para a saúde da mulher durante a menopausa. Devem ser consumidas pelo menos 3 vezes por semana”, indica Tamara. A rúcula ainda é fonte de betacaroteno e vitamina E, dois antioxidantes que cuidam da saúde da pele.

Ervas e temperos (salsa, manjericão, coentro, hortelã, alecrim, etc.): “Salsa e coentro são ricos em vitamina C e ajudam o corpo a eliminar toxinas e metais pesados. Acrescente as ervas no preparo de pratos, saladas e sucos”, explica a nutróloga.

Kiwi: contém vitamina C, que protege os vasos sanguíneos e fortalece o sistema imunológico

Abobrinha: “É composta de 94% de água e possui pouquíssimas calorias. Contém fósforo, cálcio, ferro, magnésio e vitaminas do complexo B, que auxiliam no crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes”, comenta a nutricionista Greice Caroline Baggio.

Ervilha: assim como outras leguminosas, como a lentilha e o grão-de-bico, a ervilha contém proteínas, nutrientes essenciais para a formação e manutenção de todos os tecidos do corpo.

 

Texto: Redação Alto Astral

Consultoria: Tamara Mazaracki, médica ortomolecular e nutróloga; Greice Caroline Baggio e Teresa Labanca, nutricionistas

 

LEIA TAMBÉM: