Precrastinação: o que devemos observar para evitar esse comportamento?

Ao lado da procrastinação está a precrastinação, comportamento que faz você adiantar suas tarefas. Parece bom não é? Nem tanto. Entenda!

ilustração-menino-precrastinação
FOTO: iStock/Getty Images

Estar predisposto a realizar qualquer tarefa de maneira rápida e antecipada pode parecer uma dádiva, principalmente para aqueles acostumados a adiar os afazeres. Mas, o que poucos sabem é que adiantar de forma excessiva a finalização desses encargos também pode ser prejudicial.

notebook-escuro-precrastinação

FOTO: Shutterstock Images

 

Com o intuito de trabalhar a precrastinação e não permitir que o comportamento se torne um obstáculo, a psicóloga clínica Leila Sleiman El Kadri, aponta algumas reflexões:

 

  1. É importante reconhecer, inicialmente, se houve a realização de muitas tarefas irrelevantes, apenas para sentir-se mais aliviado e, assim, desconsiderado a importância de outras mais complexas.
    homem-tarefa-precrastinação

    FOTO: Reprodução

     

  2. Tentar identificar quais são os pensamentos relacionados a adiantar tarefas e verificar se são distorcidos ou se estão alinhados à realidade. Quando não estiverem, conteste-os, reestruture-os e formule pensamentos mais flexíveis e adaptativos.
  3. Anotar todas as atividades que precisam ser feitas.
    ilustração-menino-precrastinação

    FOTO: iStock/Getty Images

     

  4. Fazer uma hierarquia dessas atividades: organizar em ordem numérica as mais urgentes, as importantes e as não tão relevantes. Siga essa ordem para executá-las.
  5. Não permitir que distrações ou pequenos afazeres tirem o seu foco.
    hora da aventura-precrastinação-tarefas

    FOTO: Reprodução

     

  6. Lembre-se: a qualidade é tão importante quanto a quantidade de atividades feitas!

 

LEIA TAMBÉM

 

Texto: Angelo Matilha  Edição: Nathália Piccoli