Poderoso banho de alecrim para tirar mau olhado e encosto

Aprenda três receitas práticas e benéficas para a sua vida andar

banho de alecrim
Foto: Shutterstock

Quantas vezes você saiu de algum lugar e ficou com uma vontade enorme de chegar em casa apenas para tomar aquela ducha. A sensação é de que a água purifica o corpo e revigora as energias, afastando toda a negatividade acumulada. Para isso, o banho de alecrim pode ser um grande aliado.

A erva, que também é utilizada como chá graças as suas propriedades digestivas, diuréticas e antidepressivas, é perfeita para tirar a ‘uruca‘, restabelecer a paz interior e limpar os chakras. Afinal, somos uma esponja que absorve todas as vibrações ao nosso redor constantemente.

Para que serve o banho de alecrim

Utilizado para rituais místicos, ele colabora para equilibrar as energias e eliminar a inveja depositada ao longo do dia. Também fecha o corpo contra doenças e pessoas mau intencionadas, abrindo caminhos para o sucesso.

Em geral, após o banho de alecrim, você se sente mais leve e relaxada, com a cabeça limpa e com a energia purificada. Mas, para atingir tal estado, é preciso ter em mente o que deseja atingir, pronunciando palavras positivas.

Receitas de banhos

1 – Energizar a vida

Coloque uma pedrinha, três punhados de sal grosso, meia colher (sopa) de mel e três punhados de alecrim seco em um litro de água que tenha ficado no sereno por uma noite. Deixe o preparado tomar a luz do sol por duas horas. Depois, acenda uma vela branca sobre um pires, com cuidado para não se machucar, olhe fixamente para a chama e diga: “que o campo eletromagnético dessa pedra e todos os elementos aqui presentes energizem a minha vida e me livrem do perigo”. Jogue a mistura em seu corpo, do pescoço para baixo, após seu banho habitual. Embrulhe as sobras da vela e os restos do banho em um pedaço de jornal e enterre em um vaso florido. O pires pode ser usado como de costume, depois de lavado.

2 – Tirar o encosto

Aqueça uma panela com água, mas sem deixar ferver. Retire do fogo e acrescente um punhado de arruda, um punhado de alecrim, três folhas de louro, duas folhas de laranjeira, um manjericão, dez gotas de essência de lavanda e raspas de um limão. Tampe e deixe apurar por 30 minutos. Tome o banho como de costume jogando a mistura da cabeça aos pés, sem enxaguar.

3 – Xô, mau olhado

Faça o seu banho numa segunda-feira. Use treze folhas de hortelã, treze folhas de eucalipto, treze pétalas de margarida, treze folhas de artemísia e treze galhinhos de alecrim. Acrescente treze colheres de chá de erva-doce e ferva tudo em treze minutos. Espere esfriar e tome o banho do pescoço para baixo.

Leia também: