Padre Fábio de Melo fala sobre a importância do perdão

Superar a mágoa e perdoar são lições divinas que nos trazem paz

Por João Pedro Ferreira - 09/10/2015

Quantas pessoas já nos magoaram durante a caminhada da vida, não é mesmo? Mas você já pensou que pode ter feito isso com muitas pessoas também? A mágoa vem carregada por sentimentos tão pesados, que senti-los é sinônimo de sofrimento. Então, abra seu coração para o perdão. Não somente para agradar a Deus ou a religião. Mas para curar a ferida que está aberta em seu coração ou a que você provocou em alguém.

Aproveite a lição abaixo do Padre Fábio de Melo sobre o perdão para inspirar a sua vida. Esse mensageiro de Deus tem um chamado importante para você, então, leia com atenção!

Padre Fábio de Melo

Foto: Tony Andrade e Thyago Andrade/AgNews

Perdoar para se harmonizar

“O perdão é uma ordem que recebemos de Deus, no Evangelho que Jesus fala (…). O perdão não pode ser contabilizado, é um número infinito. Ele não pode entrar na nossa matemática, porque a vida humana é o tempo todo a experiência de machucar e ser machucado. Nós não temos essa imunidade. A conversão vai nos ajudar a ter consciência do que existe em nós que fere o outro. Mas é natural que nem sempre as pessoas tenham essa consciência e, então, somos machucados pela atitude. Nós podemos ser machucados pela atitude, pela palavra, pelo gesto, quando até sentimos vontade de agredir o outro fisicamente.”

Construção da harmonia interior

“Enfim, são muitas as situações humanas que vão quebrar essa harmonia em nós. Você já observou isso? O tempo todo nós fazemos um esforço para a vida valer a pena: você trabalha, tenta fazer as coisas do jeito certo e nem sempre a gente acerta… Mas o grande objetivo do ser humano, na sua grande maioria, é dar certo. Muitas pessoas erram até mesmo querendo acertar. Então, nós ficamos o tempo todo tentando construir essa harmonia interior. E é essa harmonia que nos dá o direito de dormir bem, de estar feliz e disposto… Mas, de repente, alguém vem e quebra essa harmonia dentro de nós por meio de alguma realidade que nos era exterior e, a partir disso, começa a fazer parte de nós. Isso é o machucado, é a ferida, que nós não sabemos onde é que dói, mas dói. Quantas noites a gente passa sem dormir, porque estamos magoados, estamos chateados…”

+ Fé: orações para alcançar a paz

Ordem do Senhor

“Agora, quando Deus nos dá essa ordem do perdão, não é só para nos arrancar um resultado ou uma obediência, mas é porque Ele sabe que essa ordem é para o nosso bem. Então, o motivo de obedecer essa regra de perdoar sempre é porque a gente tem essa consciência de que o perdão é, antes de qualquer coisa, um remédio para aquele que concede.”

Bíblia

Foto: Shutterstock Images

Os benefícios do perdão

“(…) Quando nós perdoamos, nós concedemos ao nosso coração e a nossa alma a possibilidade de reencontrarmos essa harmonia que o gesto do outro havia quebrado. Eu sei que não é fácil e para isso nós não temos fórmulas prontas. Muitas vezes, o outro nos machuca profundamente, aí entra toda a dimensão humana de que a gente precisa respeitar. Como você é? Qual é a sua necessidade para perdoar? (…). O perdão não significa que você vai ter que voltar a conviver com aquela situação ou trazer de volta aquela pessoa para a sua vida, porque, às vezes, a gente confunde isso. Existem pessoas que fizeram um mal tão grande a você, que você se acha no direito de não ter mais proximidade com ela e isso não é pecado.”

Vídeo com mensagem do Padre Fábio de Melo

Respeite suas limitações

“Você tem todo o direito de reorganizar a sua vida, de retirar aquela mágoa, de cumprimentar e ser educada, enfim, de ter uma convivência saudável, mas sem a obrigação de ter uma intimidade, você não é mais obrigada a compartilhar a sua vida e ter a convivência que antes você tinha. Agora, se a vida vai te dar a oportunidade de reatar os laços, aí já é outra coisa. Mas, às vezes, a gente se impõe obrigações em nome do cristianismo que são desumanas. Muitas vezes, nós não temos condições de reatar aquele laço, então, perdoar significa você, em um primeiro momento, harmonizar tudo dentro de você para que o nome daquela pessoa ou até mesmo a imagem dela quando se reencontrarem não causem tanto desconforto, como já causou um dia. Porque não é bom carregar esses pesos dentro de nós. Quando alguém nos machuca, nós temos duas possibilidades: a gente pode se vingar pra ser feliz e ficar satisfeito por alguns instantes ou a gente pode perdoar para ficar feliz o resto da vida. (…) Porque sem dúvida, isso não é uma ‘conversa fiada’, o perdão devolve a harmonia.”

Jesus Cristo

Imagem: Shutterstock

Atitude divina

“Só o perdão é capaz de nos devolver a paz. E, também, quando nós perdoamos, tiramos o peso do outro, porque é ruim alguém se sentir culpado pelo que fez, ele precisa se sentir responsabilizado, mas não culpado — porque são dois termos diferentes, que até causam confusão. Ser responsável por um ato tudo bem, agora carregar o fardo daquilo o resto da vida e nunca mais se permitir voltar à alegria, já é uma culpa doentia. Isso nós não podemos ter e não podemos permitir que o outro sinta. (…) Uma coisa é certa, o perdão precisa acontecer, senão não vamos ter condições de prosseguir, porque o perdão é sempre libertador de caminhos, ele retira aquele empecilho — a mágoa é sempre um empecilho, uma pedra no nosso caminho.”

Súplica pelo perdão

“Senhor, o momento em que me encontro é o mais difícil de minha vida. Ajoelhado aos vossos pés estou para implorar a divina graça do perdão. Ensina-me a perdoar aquelas pessoas que vivem na obscuridade e que só me fazem o mal. Que eu não tenha pensamentos ruins em relação a elas, mas infunda em mim um sentimento de amor e caridade para mostrar a elas que só a misericórdia de Deus tem fundamento nesta vida. Mais que isso, para que possa perdoar os outros, eu necessito da graça de também me perdoar das faltas que eu cometo contra mim. No vosso sagrado coração eu coloco todas as aflições e todo o rancor que eu tenho contra quem me faz o mal. Só tu, Senhor, sabes retirar o fardo que está em meus ombros. Que eu seja sinal de graça e perdão para todas as pessoas e que sempre viva praticando em mim e no próximo o mandamento do amor fraterno. Amém.”

Texto e pesquisa: Mayara Crepaldi/Colaboradora

Salmos & AnjosQuer conhecer mais santosrezas e mensagens de fé? 

A Revista Salmos & Anjos está mensalmente nas bancas com este conteúdo para ajudar a fortalecer a sua fé e alcançar milagres que pareciam impossíveis.

Testemunhos, orações, paz, mensagens que os anjos passam e histórias dos santos. Confira na Salmos & Anjos!