Prática da ioga: saiba como relaxar o corpo e desenvolver a mente

Conheça mais sobre essa importante prática!

A ioga surgiu há mais de 5 mil anos, na Índia, em uma sociedade que vivia em harmonia com a natureza. Ainda hoje a prática milenar é seguida em várias partes do mundo, por homens e mulheres de diversas idades e crenças. As aulas de ioga trabalham vários aspectos do corpo e da mente, com o objetivo de aumentar o conhecimento sobre si mesmo e expandir a consciência. De quebra, é possível tonificar o corpo, melhorar a saúde e administrar o estresse. Saiba mais sobre a prática da ioga!

 

Como a prática da ioga desenvolve a mente e o corpo

Foto: Pinterest

Prática da ioga: viva bem!

“A ioga é indicada para todas as pessoas interessadas em acelerar seu desenvolvimento pessoal, expandir sua consciência e suas percepções”, esclarece Marina Engler, instrutora de swásthya ioga. A prática também propõe qualidade de vida, com alimentação equilibrada, estimula o relacionamento com as pessoas e a boa forma. Além disso, a ioga descontrai o corpo e estabiliza a mente, proporcionando autoconhecimento e lucidez para que se viva mais e melhor.

Para começar

Uma aula de iniciantes é constituída por técnicas respiratórias e corporais que trabalham, basicamente, força muscular, equilíbrio, flexibilidade e concentração.

 

Como a prática da ioga desenvolve a mente e o corpo

Prática da ioga: saiba como relaxar e melhorar a saúde! – Foto: Shutterstock

 

Muitas conquistas

Ainda que não sejam o principal objetivo da ioga, os benefícios físicos e para a saúde podem ser claramente observados quando se tem disciplina. Marina garante que as técnicas corporais regulam o peso pelo estímulo da tireoide, estimulam a circulação sanguínea, proporcionam consciência corporal, coordenação motora, tônus muscular e elasticidade dos tecidos. “As técnicas respiratórias fornecem um superávit de vitalidade e disposição, aumentam a capacidade pulmonar, a concentração e controlam as emoções”, descreve. Além de promover autoconfiança, bom humor, disposição, concentração e serenidade, nas grávidas a prática também ameniza os inchaços, ajuda a manter a placenta mais oxigenada, fortalece a região pélvica, melhora a comunicação entre a mãe e o bebê e facilita a recuperação pós-parto.

Regra de segurança

“Bom-senso, responsabilidade e amor pelo corpo são conceitos fundamentais a quem pratica ioga”, revela a especialista. Durante a prática, vale lembrar que é preciso se esforçar sem forçar demais o corpo, a ponto de trazer mal-estar. Para pessoas com problemas nas articulações e hipertensão, é importante consultar um médico antes de começar a praticar as aulas.

 

Consultoria: Marina Engler, instrutora de swásthya ioga | www.marinaengler.blogspot.com

 

LEIA TAMBÉM: