Saiba qual a maneira correta de higienizar e conservar suas frutas

Tão importante quanto escolher bem as frutas na hora da compra, é se lembrar de higienizá-las e conservá-las em um lugar adequado antes do consumo!

higienizar frutas
Foto: Shutterstock

Quando o assunto é higienizar frutas, uma das grandes preocupações é como fazer a sua desinfecção e limpeza corretamente. Muitas pessoas ainda possuem dúvidas de como escolhê-las no mercado ou feira e qual o modo certo de tratá-las e conservá-las em casa. Afinal, ninguém quer consumir alimentos com tóxicos e conservantes, certo?

Segundo Fernanda Granja, nutricionista clínica, deve-se ter o cuidado ao realizar a lavagem desses mantimentos, priorizando a remoção de substâncias minerais e ou orgânicas indesejáveis, tais como terra, poeira, gordura e outras sujeiras.

A pré-lavagem das frutas deve ser feita em água potável e em local apropriado. Quando possível, também fazer imersão em solução clorada por 15 a 30 minutos” explica a profissional. Após esse procedimento, elas precisam ser novamente enxaguadas, para a eliminação de qualquer excesso de material impuro.

Escolha a melhor opção e saiba como higienizar frutas adequadamente

É importante que o cuidado com as frutas comece desde a sua compra no supermercado. Checar se a casca não possui “machucados” ou se existem manchas são alguns dos passos fundamentais. Saber se elas estão verdes ou maduras também vai ajudar na hora de conservá-las em casa, pois nem sempre o consumo será imediato.

ABACAXI

No mercado: para saber se a fruta está madura, retire uma das folhas da coroa – se sair com facilidade, é sinal de que não está verde.

Limpeza e conservação: se estiver madura e for deixada fora da geladeira, a fruta deve ser consumida em um ou dois dias. Depois de picado, ele deve ser refrigerado em vasilha fechada. Caso ainda não esteja maduro, deixe-o em fruteiras e em temperatura ambiente. E, antes de cortar a fruta, lave bem a casca com uma escovinha sem detergente ou sabão.

BANANA

No mercado: observe a presença de manchas escuras – quanto maiores, mais madura estará. O ideal é comprar frutas firmes, com casca amarela e pequenas manchas. Se não for para consumo imediato, dê preferência às que estão ligeiramente verdes e em pencas, pois as destacadas ficam maduras mais depressa.

Limpeza e conservação: deve ser conservada fora da geladeira — pois o frio escurece a casca e deixa a banana com aparência ruim. Caso estejam muito verdes, coloque a fruteira ao sol. Se descascar e picar as frutas e não for utilizá-las imediatamente, pingue gotas de limão para evitar que escureçam.

 

MAÇÃ

No mercado: prefira frutas firmes, de casca lisa e sem machucados. Entre duas opções do mesmo tamanho, fique com as mais pesadas e prefira as maçãs de cor viva — quanto mais vermelha, mais doce ela é.

Limpeza e conservação: podem ser conservadas na parte de baixo da geladeira por até três semanas. Quando tiver de reservar maçãs cortadas, pingue algumas gotas de limão para que não escureçam.

higienizar frutas

Foto: Shutterstock

LARANJA

No mercado: escolha as laranjas mais pesadas e com a casca mais fina – é sinal de que estão mais suculentas. Não compre as muito maduras, pois elas já não têm mais vitamina C.

Limpeza e conservação: pode ser armazenada em temperatura ambiente ou em geladeira por até duas semanas. Porém, a vitamina C se oxida e se perde com facilidade. Por isso, consuma no ponto certo de maturação, nunca verde nem madura demais.

MAMÃO

No mercado: opte pelos com a casca firme, sem rachaduras ou manchas brancas de fungo. Veja se não tem partes machucadas ou sinais de picadas de insetos. Outra dica é preferir sempre os que já estão com a casca amarelada, pois o mamão verde nem sempre amadurece bem fora do pé.

Limpeza e conservação: quando não estiver totalmente maduro, ele pode ser guardado em local fresco e seco. Já maduro, deve ficar na geladeira, na parte mais baixa — o mamão não suporta bem temperaturas muito altas.

 

UVA

No mercado: os cachos devem estar bem cheios, com bagas lisas e que não se desprendem com facilidade. Verifique se não há muitas uvas soltando líquido. As uvas verdes devem ter um leve tom amarelado e as vermelhas e roxas devem ter cor uniforme e brilhante.

Limpeza e conservação: guarde-as sem retirar os bagos do cacho, na geladeira. Uvas maduras fermentam com muita facilidade em temperatura ambiente.

MANGA

No mercado: escolha aquela que for mais redonda e cheia. Se estiver achatada, pode conter bastante fibras. Priorize aquelas de pele lisa e sem machucados. O aroma mais adocicado indica fruta de boa qualidade. Opte pelas mangas com tons avermelhados e alaranjado, pois estão prontas para consumo.

Limpeza e conservação: caso ainda não esteja madura, guarde-a em um lugar protegido do Sol e em temperatura ambiente. Já as que estão prontas para consumo, após lidar da forma correta de higienizar frutas, coloque-as na geladeira. Caso queira preservá-las por mais tempo, corte em cubos, coloque em sacos plásticos e congele.

higienizar frutas

Foto: Shutterstock

MORANGO

No mercado: observe a conservação das frutas e olhe bem a camada inferior dentro da caixa — às vezes as frutas amassadas e apodrecidas ficam nessa área. Escolha morangos com tamanho uniforme e vermelhos.

Limpeza e conservação: quando estão frescos, conservam-se bem em geladeira por até quatro dias após a compra. Retire os cabinhos somente na hora de servir, para preservar mais nutrientes.

PÊRA

No mercado: quanto mais verde a cor, mais dura estará a parte interna da pêra. Se tiver alguns pontos marrons, ela está pronta para ser consumida. Se a casca estiver um pouco mole, significa que está docinha.

Limpeza e conservação: lave-a de duas a três vezes antes do consumo, uma vez que a casca absorve bastante substâncias externas. Pode ser conservada na parte de baixo da geladeira por até 2 semanas. Apenas observe se há um aumento dos pontos escuros. A maneira correta de higienizar frutas deve ser seguida a risca no caso da pêra.

MELÃO

No mercado: pressione a parte inferior da fruta, se ceder um pouco está maduro, caso não, ainda requer mais tempo. Se o caule ainda estiver preso, evite comprá-lo, pois ainda estará verde por dentro. Sacuda o melão e preste atenção se as sementes estão soltas. Caso sim, está pronto para consumo.

Limpeza e conservação: caso não esteja maduro, apenas evite o contato direto com o Sol. Assim que cortado, pode ficar na geladeira sem qualquer problema, uma vez que é resistente a baixas temperaturas e ação do tempo.

ABACATE

No mercado: a fruta não deve estar nem dura demais, nem mole demais. Compare os pesos de dois abacates para saber qual apresenta mais polpa. Casca verde-clara e sem manchas são as mais indicadas para consumo.

Limpeza e conservação: deve ficar em local fresco ou direto na geladeira, assim que comprado. Assim, mantém a aparência bonita e o gosto adocicado. Pode durar de 2 a 3 semanas quando bem conservado.

Foto: Shutterstock

MELANCIA

No mercado: procure uma fruta que tenha simetria, não tenha arranhões ou marcas. Na parte inferior da melancia há uma mancha amarelada. Quanto mais escura, melhor. Se estiver branca ou não possuir esse detalhe, provavelmente ela foi colhida cedo demais. Erga-a e compare com outra. A que estiver mais pesada tem mais suco.

Limpeza e conservação: lave-a com água corrente, removendo qualquer impureza que esteja em sua superfície. Se for necessário, esfregue levemente. Enquanto não estiver maduro pode ser mantido em local fresco. Assim que cortada, coloque-a na geladeira, na parte inferior, uma vez que é sensível a baixas temperaturas.

Fernanda ainda enfatiza que, “seguindo as recomendações de como higienizar frutas, o seu organismo estará protegido de agentes infecciosos, melhorará o desenvolvimento de glóbulos brancos e terá uma base nutricional elevada“.

Leia também: