Entrevista com Duda Nagle, o Caíque de Salve Jorge

O ator fala sobre seu personagem na próxima novela das nove da Rede Globo

Por Amanda Araújo - 08/10/2012

De volta às telinhas em mais uma trama de Glória Perez, Duda Nagle está confirmado no elenco de Salve Jorge, próxima novela das nove da Rede Globo. Desta vez, o ator vai dar vida a um mauricinho um pouco diferente. Apesar de ter nascido em ‘berço de ouro’ e viver em uma mansão, Caíque é louco pelos bailes funk das favelas do Rio de Janeiro. E é lá que o moço conhece a personagem de Bruna Marquezine, com quem vai viver um romance um tanto conturbado. Nesta entrevista para a Guia da TV, Duda revela outros detalhes de seu novo trabalho. Confira o bate-papo:

 

Entrevista com Duda Nagle

Foto: Roberto Filho / AgNews

 

Guia da TV: Como será seu personagem em Salve Jorge?
Duda: “Meu personagem vai ser um pouco revoltado com a ordem social normal. Minha família é a família tradicional da novela, de dinheiro, de tradição. E ele frequenta o Complexo do Alemão e dá até baile funk em casa! O mordomo dele brinca que meu personagem não tem pedigree. (risos)”

Guia da TV: E como será a parceria com a Bruna Marquezine?
Duda: “Ele vai levar para casa a menina do Complexo do Alemão, que é funkeira, e eles vão se dar superbem.”

Guia da TV: A família vai aceitar a relação dos dois?
Duda: “Minha avó, personagem de Nicette Bruno, vai aceitar. Acaba encarando de uma forma positiva. Mas o conflito vai ser sempre com o mordomo, interpretado por Odilon Wagner, que é um cara que leva mais a sério as tradições da família.”

Guia da TV: Como será a briga entre o Caíque, seu personagem, e a Amanda personagem de Lisandra Souto?
Duda: “Então, terá o conflito da minha mãe com a mulher do meu pai e, claro, eu vou tomar as dores da minha mãe que é a personagem da Cristiana Oliveira. A gente vai estar sempre discutindo. No começo da novela, todos vão se mudar para a mansão, onde meu personagem já morava antes, por conta do testamento que minha avó vai fazer. E aí a mulher do meu pai começa a falar que minha mãe não pode entrar na minha casa e a gente discute bastante. Meu pai fica ali, querendo agradar todo mundo, não sabe o que fazer. Vai ser interessante.”

Guia da TV: Você tem fé em São Jorge?
Duda: “Não, não sou muito religioso.”

Guia da TV: Você estudou alguma coisa sobre o santo para novela?
Duda: “Todo mundo estudou, teve o workshop. Eu acho interessante a religião no contexto cultural, sociológico e antropológico. Mas eu não tenho muita fé, não.”