Débora Nascimento e José Loreto se separaram após 6 anos juntos

Débora Nascimento e José Loreto confirmaram a separação por meio de uma nota

Débora Nascimento e José Loreto se separaram
Por Vitória Pereira - 18/02/2019

Foto: Reprodução/Instagram/@joseloreto

Débora Nascimento e José Loreto se separaram após 6 anos juntos! A confirmação veio pela assessoria da atriz: “A assessoria de imprensa de Débora Nascimento confirma que ela e José Loreto não estão mais juntos. A atriz conta com a compreensão de todos os fãs e amigos da imprensa nesse momento”. O motivo da separação teria sido uma traição por parte de Loreto e, segundo especulações, a infidelidade ocorreu com uma atriz casada de O Sétimo Guardião, novela que o ator está atuando no momento.

Segundo o site Extra, Débora descobriu a traição por meio de mensagens trocadas no celular do marido com a suposta atriz da trama das 21 horas. Além disso, amigos próximos de Débora alertaram a atriz sobre a infidelidade de Loreto.

Marina Ruy Barbosa foi apontada como pivô da separação e, de acordo com o jornalista Leo Dias, a atriz nega ter sido o motivo do término do casal. “Atualmente eu e o José Loreto estamos fazendo um par romântico na novela e por isso podem fazer especulações. Nós nos tornamos muito amigos, por quem tenho muito carinho, o que me deixa ainda mais triste em relação a isso tudo”, respondeu Marina após ter sido questionada pelo Leo Dias.

“Apontada por fofoqueiros da internet, que devem assistir a muita televisão e pelo visto a novela. Eu amo meu marido e sou muito feliz no casamento e não teria nada com o José Loreto além de uma parceria profissional. Completamente infundado tudo isso”, completou Marina em entrevista com Leo Dias.

O ator negou os rumores de sua infidelidade. “José Loreto nega traição e pede compreensão e respeito à privacidade de sua família neste momento”, comentou a equipe do ator.

Débora e José se separaram mas têm uma filha juntos, Bella de 1 ano. O casal se conheceu nas gravações da novela Avenida Brasil em 2012 e se casaram em 2016.

LEIA TAMBÉM: