Cozinha iluminada: além de decorativa, a iluminação deve ser funcional

As cores certas e o mobiliário planejado trazem mais praticidade e deixam o cômodo muito mais organizado mas nada melhor que ter uma cozinha iluminada e funcional

Cozinha iluminada com um grande lustre de vidro com detalhes branco. Ela possui uma geladeira de duas portas invertida do lado direito, uma bancada com dois bancos transparentes e ao fundo a pia com os armários planejados.
Foto: Luis Gomes

Projetada para acomodar amigos e familiares, essa cozinha iluminada de 6,38m² foi criada pelo arquiteto Felipe Luciano, do ESTUDIO+FCK, que apostou no mobiliário feito sob medida para deixar o ambiente amplo e organizado.

Cozinha iluminada

“A iluminação do ambiente, além da função decorativa, deve ser funcional”, orienta o arquiteto. Por isso, foram usados spots para lâmpadas que proporcionaram claridade e beleza ao cômodo.

Medidas que organizam

Por ser abrigo de utensílios e mantimentos, o local onde se prepara os alimentos precisa de organização. Nesse projeto, foram usados armários e gabinetes planejados, que são uma boa opção para manter o ambiente arrumado, além da bancada centralizada, que permitiu a criação de um novo espaço de armazenamento para o dia a dia.

Cores funcionais

“A cor branca na marcenaria facilita a identificação da sujeira e facilita a higienização”, ressalta o arquiteto. E, para contrapor com a cor clara, as paredes ganharam um tom mais escuro, que proporcionou dramaticidade e aconchego na cozinha iluminada.

Dica preciosa

Para manter a arrumação, Felipe aconselha usar o mínimo de móveis na cozinha iluminada. Usar uma única mobília feita sob medida que atenda às necessidades do ambiente cria a sensação de amplitude no local, além de deixá-lo mais leve e bonito.

Projeto: ESTUDIO+FCK, São Paulo – SP

Confira outras opções de cozinhas que tem as cores como destaque na decoração:

 

LEIA TAMBÉM