Conto erótico: transa no vestiário com um maravilhoso atleta (18+)

Após o treino, uma jogadora de futebol vai ao encontro do zagueiro do time da liga masculina e os dois acabam em uma maravilhosas transa no vestiário

Por Rafael Toledo - 10/03/2017
jogador após o treino com o pé apoiado sobre o banco transa no vestiário

Foto: Shutterstock Images

O depoimento a seguir apresenta uma jogadora de futebol amador que, ao descobrir seus desejos mais íntimos sobre o zagueiro da liga masculina, aproxima-se do jogador e os dois acabam se encontrando para uma incrível transa no vestiário.

jogador após o treino com o pé apoiado sobre o banco transa no vestiário

Foto: Shutterstock Images

“O futebol sempre foi minha paixão e treino todas as semanas para manter o bom rendimento. O horário da quadra destinado à liga feminina é anterior àquele concedido ao time masculino. Portanto, geralmente, o vestiário dos homens já está bem cheio quando terminamos os nossos exercícios. Minha curiosidade em saber como eles ficavam e agiam entre si, durante a troca de roupas, já havia sido demonstrada em conversas com as meninas do meu grupo. O meu grande desejo se concentrava em um dos jogadores. Zagueiro do time, era alto e musculoso, com um cavanhaque de deixar qualquer um arrepiado! Ele era um monumento e não imaginei que até o fim da semana me aproximaria tanto dele, muito menos que haveria uma transa no vestiário.

Em determinada tarde de treino, já no encerramento do mesmo, pude percebê-lo na arquibancada observando o  jogo. Sua equipe ainda não estava presente. Era minha oportunidade de me aproximar dele. Nossos olhares já haviam se encontrado anteriormente, nos quais identificava-se uma atração mútua.

Para sair do treino, eu disse à técnica que precisaria encerrar mais cedo. Fui até o meu vestiário para poder me arrumar, quando vi no corredor, que dava acesso àquela área, aquele homem maravilhoso. Ele me contou que tomaria banho mais cedo para não enfrentar as esperas no banco do vestiário. Nesse momento, senti que algo aconteceria, pois os nossos gestos indicavam uma tensão visível. Eu já não suava apenas devido ao treino. Precisei de uma atitude para poder me aproximar dele. Disse que tinha curiosidade sobre como seria um vestiário masculino e perguntei se poderia conhecer. Tanto eu quanto ele sabíamos que nada mudaria de um ambiente para o outro, mas minha solicitação foi correspondida e acabamos entrando juntos.

Quando estávamos lá dentro,  esbarrarmo-nos diversas vezes devido ao constrangimento daquela situação. Sabíamos que não suportaríamos ficar por muito tempo com aquele fingimento. Percebendo isso, eu virei para ele e fui correspondida com um beijo caloroso. Começamos a nos acariciar intensamente. Ele tirou meu uniforme ao mesmo tempo que me provocou com lambidas pelo meu corpo. Em questão de segundos já estávamos abraçados nus e com a surpreendente transa no vestiário por vir.

 

casal apaixonado homem beijando mulher no pescoço ambos sem roupa transa no vestiário

Foto: Shutterstock Images

O sexo oral foi a primeira aposta dele para mim. Meu clitóris foi excitado por lambidas, enquanto acariciava com as mãos os meus seios. Assim que tornou a tocar os seus lábios nos meus, eu pude pegar naquele mastro que, visivelmente, estava sedento para me penetrar. Não demorou para que ele me virasse e penetrasse seu membro em mim. Nossas posições foram feitas embaixo do chuveiro com muita paixão. De frente, sentada sobre ele ou de joelhos no ladrilho, continuamos com o sexo sem medo de sermos descobertos.

Enfim encerramos aquele maravilhoso momento gozando juntos, demonstrando nosso prazer recíproco. Enquanto ele me olhou, ainda recuperando o fôlego, pude compreender que a adrenalina necessária naquele ambiente de esportes poderia ser muito bem destinada para uma maravilhosa transa no vestiário.”

LEIA TAMBÉM