Confira 5 questões sobre ração humana!

A ração humana se tornou popular graças aos seus benefícios na dieta e na saúde. Ela auxilia no emagrecimento sem prejudicar a saúde.

ração humana em uma taça
Foto Alan Goulart / Colaborador

A ração humana se tornou popular graças aos seus benefícios na dieta e na saúde. Além de auxiliar no emagrecimento sem prejudicar a saúde, a mistura de cereais promete combater a prisão de ventre e diminuir os níveis do mau colesterol.

 

ração humana em uma taça

Foto Alan Goulart / Colaborador

 

1 – Como surgiu a ração humana?

Ela foi criada pela terapeuta natural Lica Takagui, por acaso. Quando estava grávida, ela queria desenvolver um alimento que melhorasse a sua saúde e a do bebê. A terapeuta também pensou em regularizar o intestino. Por isso, ela começou a ingerir linhaça, aveia, trigo e outros grãos durante as refeições.

2 – Quais os seus benefícios?

Como contém muitas fibras, a ração age diretamente no intestino, colocando-o para funcionar corretamente. Sem contar que ela sacia a fome fora de hora, facilita a digestão dos alimentos, ajuda a eliminar as toxinas do organismo, combate as gordurinhas abdominais e seca medidas.

3 – E é composta por quantos alimentos?

No mínimo, 10 ingredientes. Existem várias versões, mas basicamente ela é composta por leite de soja em pó, fibra de trigo, aveia, gérmen de trigo, gergelim, açúcar mascavo, levedo de cerveja, guaraná em pó, gelatina em pó e linhaça.

4 – Quantas versões de ração humana existem?

Podemos encontrar inúmeras versões disponíveis no mercado: original, light, sem glúten, de chá verde e com colágeno.

5 – Ela pode substituir as refeições?

Apesar de nutritiva, ela não contém todas as vitaminas e minerais de que seu organismo precisa para funcionar bem no dia a dia. A melhor maneira de consumir a ração é no café da manhã ou nos intervalos entre as refeições principais, não ultrapassando a quantidade de até 2 colheres (sopa) ao dia.

Saiba mais:

Sódio: saiba os perigos do excesso e da falta do mineral no organismo

Confira alguns mitos e verdades sobre hábitos alimentares

Confira o que as cores dos alimentos querem dizer!