Cãibra: melhore sua alimentação e evite dores nos músculos!

As dores da cãibra são um sinal de que algo não está certo com o corpo. Saiba como melhorar a alimentação pode ajudar a evitar esses incomodo!

Perna com área vermelha representando dores musculares
Foto: iStock/Getty Images

Quem nunca sentiu aquela fisgada na panturrilha que doeu e ainda continuou dolorida por um tempo? E ainda ficou na dúvida por que sentiu cãibra se não fez nenhum exercício físico? Pois saiba que não é só o excesso de exercícios que causa as contrações musculares. Elas têm muito mais a ver com saúde do que você imagina!

Perna com área vermelha representando dores musculares

Foto: iStock.com/Getty Images

Além da academia

As cãibras são contrações involuntárias de um músculo esquelético, sendo mais comum em membros inferiores, como pernas, pés e panturrilhas. E os motivos são vários, mas o que mais se associa a elas são as intensas atividades físicas e fadiga muscular por excessos de movimentos contínuos. A fisioterapeuta Flávia R. Schultz Freire explica outros motivos: “Também podem ser por desidratação; desequilíbrios de nutrientes e minerais, entre o mais comuns são o sódio e o potássio; baixas temperaturas; má circulação; compressão de raiz nervosa; anemia; insuficiência renal; disfunção da tireoide; degenerações neurológicas; gravidez; hormônios; diabetes; hipertensão; e acúmulo de ácido lático nos músculos.” Por muito tempo a falta de potássio e de magnésio foram consideradas o principal motivo das contrações, porém, foi constatado que a perda excessiva de líquidos e de sódio é o fator de maior relevância. “O sódio é um mineral importante para a transmissão dos sinais nervosos e ações que levam aos movimentos dos músculos, juntamente com a perda de líquidos, o que os tornam mais sensíveis”, revela Flávia.

Cãibras noturnas

Elas são comuns em idosos e hipertensos, por causa dos efeitos colaterais dos remédios utilizados nos tratamentos, já que a maioria é diurético. A cãibra noturna também é um sinal, na maioria das vezes, da falta de atividades físicas. O ideal é que, se as contrações forem frequentes, a pessoa procure por um especialista para fazer exames e identificar a causa do problema.

Mulher morena, com blusa branca, segurando uma banana

Foto: iStock.com/Getty Images 

Nutrientes certos

Uma boa alimentação e hidratação constante podem dar conta de acabar com as doloridas contrações musculares. Os alimentos devem ser ricos em triptofano, magnésio, potássio, sódio e cálcio. Veja os mais indicados:
• Banana
• Leite
• Brócolis
• Couve
• Iogurte
• Tomate
• Abacate
• Água de coco
• Queijos magros
• Amêndoas
• Avelã
• Grão-de-bico
• Soja
• Farelo de aveia
• Feijão-preto
• Frutos do mar
• Suco de laranja

Ácido lático, entenda

A substância é produzida pelo corpo humano em grandes quantidades durante a realização de atividades físicas. A oxidação do ácido gera energia que fibras musculares e células cardíacas utilizam como fonte. Ele é formado num ritmo muito mais rápido com que é eliminado, sendo assim, quando a prática de exercícios é intensa, é comum haver o acúmulo, que ocasiona em cansaço e dores musculares. Sua eliminação ocorre pela urina e suor, sendo metade dele expulso somente com repouso.

Receita para acabar com as cãibras

• 2 bananas-nanicas
• 1/2 litro de água filtrada
• 2 colheres (sopa) de aveia
Modo de preparo:
bata tudo no liquidificador e adoce com mel a gosto. Beba 2 copos (400ml) por dia da vitamina.

Texto: Júlia Prado

LEIA TAMBÉM