Menopausa: como fica o cabelo nessa fase?

Especialista garante que, apesar das mudanças nos fios, é possível mantê-los saudáveis e bonitos durante a menopausa com alguns cuidados

É comum nesta fase um menor crescimento dos fios
É comum nesta fase um menor crescimento dos fios - Shutterstock

por Thaís Lopes Aidar
Publicado em 28/04/2022 às 17:00
Atualizado às 17:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quando falamos sobre menopausa, duas coisas são certas: toda mulher vai passar por isso e muitas mudanças vão acontecer. Portanto, já que se trata de um processo natural da vida, nada mais justo do que encará-la com naturalidade, né? E o cabelo está entre essas transformações, afinal, todo o corpo é impactado com esse novo ritmo e também com a ação do tempo.

Segundo o tricologista Tharik Bonomo, ocorre uma queda hormonal natural, fazendo com que o cabelo fique mais ressecado. Ainda que não haja uma data certa para a menopausa acontecer, o período é marcado pela baixa na produção de progesterona, estrogênio, colágeno e elastina, os principais responsáveis por manter os fios saudáveis. 

"Manter os cabelos naturalmente compridos e volumosos pode se tornar um pouco mais difícil a partir dessa fase. Outras alterações também acontecem, como velocidade mais lenta de crescimento e a presença de cabelos mais finos e menos hidratados, ou seja, quebradiços e mais opacos", detalha o também cabeleireiro. 

Cuidados essenciais na menopausa:

Mas a notícia boa é que essas alterações fisiológicas não são sinônimos de madeixas feias, viu? Muito pelo contrário: com os cuidados certos, o cabelo pode chegar saudável, hidratado e lindo na menopausa. Para isso, é importante ter o acompanhamento de um profissional desde os primeiros sintomas e dar início a tratamentos precoces.

Pensando nisso, o especialista elencou algumas dicas de ouro para lidar com os fios nessa fase e deixá-los mais bonitos do que nunca. Anote aí: 

  • beba a quantidade ideal de água por dia para preservar as funções do organismo e manter a hidratação natural da pele e do cabelo;
  • pratique atividades físicas regularmente, pois, além de reverter e evitar o acúmulo de gordura, ajudando na queda dos fios, também promove sensações de bem-estar, reduzindo estresse e ansiedade;
  • tenha uma dieta balanceada e rica em vitaminas, proteínas, cálcio e magnésio para manter a força das madeixas e estimular seu crescimento;
  • invista na hidratação capilar para repor a lubrificação natural que diminui devido ao envelhecimento;

Pintar ou não os cabelos?

Os fios grisalhos começam a aparecer nesta época — às vezes, até antes! — e existem dois caminhos para lidar com isso: assumir os fios brancos com orgulho ou pintá-los. Vale lembrar que não há certo ou errado nessa decisão, viu? O bem-estar é quem deve decidir. 

No entanto, se a escolha for pintar, fique de olho nos cuidados: "se o cabelo não estiver bem cuidado antes da coloração, a química irá tornar os fios ainda mais frágeis. Por isso, tonalizante é uma boa opção para tingi-los de forma menos agressiva", salienta o cabeleireiro. 

Fonte: Tharik Bonomo, cabeleireiro pós-graduado em tricologia e terapia capilar, biomedicina estética e cosmetologia avançada.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.