Salada no pote: truques para preparar a sua direitinho e arrasar na dieta

Aprenda os truques para montar uma salada no pote. Ela é uma opção prática, saudável e vai dar aquela mão na sua dieta! Tem também duas receitas pra ajudar!

Salada no pote
Foto: Reprodução

A salada no pote está ganhando a internet e mostrando que veio para ficar. A opção tornou-se queridinha dos adeptos da alimentação saudável por trazer praticidade e saúde à rotina, já que, como os ingredientes são dispostos de uma maneira especial, fica mais fácil consumir o prato sem que o alimento perca as suas características mais marcantes: refrescância, crocância e sabor.

As nutricionistas Carina Müller, instrutora do Namu Cursos, e Juliana Castelli dão dicas para você montar a sua salada no pote de forma correta e apresentam diversas opções de alimentos que podem compor essa maravilha!

Salada no pote

Foto: Divulgação

Salada no pote: aprenda a montar a sua

Passo 1: escolha um pote de vidro

Para começar, é importante frisar que o uso do pote de vidro é fundamental para esse tipo de receita. Segundo a nutricionista Carina Müller, o pote ajuda a manter sua salada fresquinha por até três dias! E não para por aí, o vidro também é queridinho por outros motivos:“A principal vantagem é que o vidro pode ser esterilizado e utilizado novamente, opção retornável e ecologicamente correta. Outra vantagem é que, pelo formato, quando o vidro está na vertical, mantém o molho da salada na parte inferior, ou seja, as folhas continuam crocantes e, na hora de comer, é muito prático, pois basta chacoalhar o vidro e temperar tudo por igual” ,afirma ela.

Além disso, o vidro tem outras duas vantagens: a primeira é de que ele pode ser bem tampado e, com isso, preservar a crocância das folhas da salada; a outra é que ele mantém o alimento livre de uma substância contida nos plásticos, chamada bisfenol-A, que prejudica a saúde.

No entanto, o cuidado no transporte deve ser redobrado, ok? E não se esqueça de optar por um pote que contenha a boca larga: assim, fica mais fácil introduzir o talher. Também dê preferência para potes maiores e mais grossos, pois são mais resistentes, comportam maior quantidade de alimentos e ajudam na conservação da saladinha.

Passo 2: a escolha dos alimentos

Montar um pote de salada bem colorido deve ser o objetivo de quem adota essa prática. De acordo com a nutri Juliana Castelli , a salada no pote é ideal para sair da rotina e inovar na hora de comer de maneira saudável. “Para evitar a monotonia, devemos variar os alimentos que formarão a salada, pois a variação de cores, sabores e aromas é infinita!”, orienta.

Passo 3: A montagem

O truque da salada no pote está justamente na montagem, que é estratégica. Para não errar você deve colocar assim: molho por baixo; grãos e legumes duros em seguida; frutas e legumes mais sensíveis ao contato com o molho logo depois. Por último, ficam as verduras, ervas e sementes. Veja abaixo mais detalhes:

Salada no pote: montagem correta

Foto: Fernando Teixeira

  • Comece pelo molho

Com a colocação do molho adicionada logo no fundo, as folhas não têm o perigo de murcharem – o que ocorreria caso ele fosse adicionado por último. Na hora de consumir, basta chacoalhar bem o seu pote e pronto! Molhos naturais, à base de azeite, limão, vinagre e iogurte desnatado são os mais indicados.

  • Coloque seus legumes favoritos mais pesados

Esses alimentos são mais resistentes e, por isso, ficam em contato com o molho sem que se altere muito a sua consistência. Pepino, feijão-branco e beterraba são algumas opções que podem compor essa camada!

  • Acrescente os legumes leves

Na terceira camada da sua salada devem estar os legumes mais leves. Isso porque eles podem ficar muito moles caso entrem em contato com o molho. Por isso, precisam ser colocados sobre os legumes mais resistentes. Tomate, romã e abacate são ótimas apostas.

  • Hora das folhas

Coloque as verduras leves bem picadinhas logo acima dos legumes menos resistentes, pois, assim, estarão bem seguras, longe do molho. Dica: alface, rúcula, agrião, almeirão e acelga são excelentes opções.

  • O toque final

Adicione sementes e pequenos grãos para turbinar ainda mais a sua receita! Dica: chia, linhaça, gergelim, quinoa e até mesmo castanhas vão trazer um sabor ainda mais especial para a sua salada no pote.

 

Passo 4: salada no pote para amanhã

Depois de saborear sua saladinha saudável, é hora de ter atenção na montagem para o dia seguinte! A nutricionista Carina Müller alerta para o cuidado necessário com a higienização do potinho e dos alimentos. Ela indica o uso de água fervente para efetuar a limpeza dos vidros e sugere que os legumes e verduras que serão consumidos crus sejam lavados com hipoclorito de sódio e água, sendo enxaguados e secos em seguida.

Também tem dica para os grãos e leguminosas: esses devem ser deixados de molho em água por pelo menos 4 horas antes do cozimento.

Ainda está sem ideias? Separamos 2 receitas deliciosas de salada no pote para você fazer e começar agora mesmo!

Salada de Grão-de-bico Mediterrânea

Ingredientes:

  • 500g de grão-de-bico cozido
  • 1 folha de louro
  • 200g de pimentão vermelho
  • 200g de pimentão amarelo
  • 200g de cebola roxa picada
  • 1 pimenta dedo-de-moça
  • 100ml de azeite de oliva extra virgem
  • sal a gosto
  • 60ml de vinagre de maçã
  • 5g de orégano
  • 30g de salsinha picada

Você também pode turbinar sua salada com:

  • 100g de azeitona preta sem caroço picada
  • 3g de pimenta do reino preta moída
  • 80g de alcaparras picadas
  • 200g de salsão picado

Modo de preparo: deixe o grão-de-bico de molho em água filtrada de um dia para o outro. Despreze a água do molho, acrescente uma quantidade nova até cobrir os grãos e cozinhe-os na pressão com a folha de louro por cerca de 20 minutos. Cuidado para não passar do ponto, o grão-de-bico deve estar ainda inteiro e firme, porém cozido.

Espere toda a pressão sair da panela para poder continuar. Em seguida, queime por igual os pimentões na chama do fogão para retirar a pele e criar gosto de defumado. Coloque-os em um saco plástico ou bowl com papel filme e deixe por 3 minutos. Retire a pele e as sementes dos pimentões, corte em cubos pequenos.

Pique a cebola roxa em cubos bem pequenos e deixe de molho em água gelada por 3 minutos para dar mais crocância. Corte a pimenta dedo-de-moça ao meio e tire toda a parte interna, incluindo as sementes. Em seguida, pique-a.

Em um bowl grande, misture todos os ingredientes preparados. Separadamente misture o azeite, o sal, o vinagre, o orégano e a salsinha e acrescente na mistura do grão de bico. Pronto, sua salada está pronta para ser embalada no pote!

Molho de Maracujá

Ingredientes:

  • 1 maracujá fresco
  • 10 g de sal
  • 20g de melado de cana ou mel
  • 3 g de pimenta do reino preta moída
  • 50 ml de água
  • 50 ml de azeite extra virgem
  • 10 folhas de manjericão fresco picado (também pode ser tomilho ou hortelã!)

Modo de Preparo: passe o interior do maracujá em uma peneira. Junte o suco do maracujá com todos os demais ingredientes, com exceção do azeite e do manjericão. Em um bowl e com ajuda de um batedor, misture bem.

Vá adicionando aos poucos o azeite enquanto continua batendo para emulsionar o molho. Acrescente algumas sementes de maracujá e o manjericão picado. Pronto!

 

LEIA TAMBÉM:

 

Texto: Paula Santana – Edição: Victória Linard/Colaboradores