10 alimentos que combatem a insônia e melhoram o sono

Volte a ter noites tranquilas e durma de forma saudável e rápida com essas opções

alimentos para dormir bem
Foto: Shutterstock

Você deitada na cama, encosta a cabeça no travesseiro, mas o sono parece que nunca vem? Passam-se horas e mais horas e nada de conseguir desligar a mente por completo. Segundo a Associação Brasileira do Sono (ABS), 73 milhões de brasileiros sofrem de insônia. Número que reflete o aumento na busca por alternativas naturais, remédios ou alimentos para dormir bem.

A alimentação é importante não apenas por apresentar ingredientes nutritivos para a composição do corpo, mas também como base para reparar distúrbios, como os do sono. Por isso que manter uma dieta balanceada, que vise elementos naturais, pode ajudar no combate a essas irregularidades do organismo. Excessos ou carências tendem a ser respostas para diversos males.

O que caracteriza a insônia?

“A insônia, na maioria das vezes, é provocada ou agravada por um fator externo, como dores no corpo, trauma emocional e trabalho em turnos diferentes, por exemplo. Até mesmo o baixo nível sócio-econômico e a preocupação com o desemprego podem estar entre as causas de insônia. O fator genético também pode influenciar, mas é uma parcela muito pequena, 5% a 15% dos casos apenas”, explica Louise Soares, fisioterapeuta e especialista em saúde integrativa.

A especialista conta que, para as pessoas mais velhas, no entanto, o tempo de sono pode ser naturalmente menor. Isso porque, com a idade, o hormônio que regula o sono (melatonina) tem sua produção diminuída. Ainda assim, as horas de descanso devem sempre revigorar energia.

Se você acorda com sensação de fadiga, é um sinal de que algo está errado. Além de cansaço, a insônia aumenta o risco de doenças como hipertensão, problemas cardiovasculares e neurológicas, derrames e Alzheimer.

Adicione ao seu cardápio esses alimentos para dormir bem

Duas substâncias são essenciais para a produção de melatonina no corpo. Uma é o ácido fólico, presente nas folhas verdes escuras, aveia sem glúten, chocolate, semente de girassol e amêndoas. E a outra é a vitamina B6, encontrada em bifes de fígado, no pistache, nas castanhas e no salmão. Além desses nutrientes, você também pode apostar nos seguintes alimentos para dormir bem:

“Não tire cochilos durante a tarde, regule os horários e procure dormir diariamente no mesmo horário. Evite comer muito tarde e, se for comer, prefira alimentos leves e de fácil digestão”, finaliza a especialista.

Leia também: