9 alimentos que ajudam a melhorar sua imunidade no inverno

Não deixe que as mudanças climáticas afetem o seu organismo com refeições ricas em nutrientes

alimentos para o inverno-min
Foto: Shutterstock

Quando os dias frios começam a dar as caras, todos aqueles sintomas que a gente já conhece acabam vindo juntos. Coriza, garganta seca, ouvidos entupidos, um espirro e pronto! Quando menos esperamos a nossa imunidade está baixa, o que colabora para a infestação de vírus e bactérias no organismo. Para evitar as gripes e resfriados, antes de sair se medicando, é recomendado consumir alguns alimentos para o inverno.

Eles são assim chamados pois colaboram para uma proteção completa do corpo durante essa estação. Seus nutrientes e vitaminas potencializam a ação dos glóbulos brancos, criando uma barreira efetiva contra agentes externos.

Como durante o inverno o ar fica mais seco, há uma facilidade maior no aumento da poluição e, consequentemente, na proliferação de microorganismos patológicos. A melhor forma de combater esse problema é cuidando da saúde, criando um cardápio diverso e equilibrado.

Acrescente esses alimentos para o inverno as suas refeições

1. Quinoa

A quinoa é um dos vegetais mais importantes para a imunidade, já que é completo em nutrientes e riquíssimo em proteínas que participam da construção do sistema imunológico, como o zinco e a lisina, responsáveis por fortalecer nosso sistema.

2. Linhaça

A linhaça é a semente do linho, e traz benefícios incríveis para o coração, intestino e alguns estudos apontam até que são aliadas no combate ao câncer. Além disso, ela oferece ácidos graxos ômega-3, que atuam no fortalecimento do sistema imunológico.

3. Alho

Dificilmente dispensado na cozinha do brasileiro, o alho é um superalimento graças aos seus inúmeros benefícios para a saúde. Fonte de alicina – aquele princípio ativo que produz o cheiro característico do alimento – e vitaminas A, B e C, ele ajuda a estimular a resposta imunológica, prevenindo gripe e resfriado, além de ser um importante expectorante.

4. Gengibre

O gengibre, essa plantinha originária da Índia, se difundiu pelo Brasil – para a nossa sorte -, e veio trazendo uma porção de benefícios. Além de ter ação antisséptica, reduzir a inflamação e aliviar a congestão nasal, ele também auxilia no tratamento de azia, enjoo, má digestão e até colesterol alto.

5. Cenoura

Uma velha e querida conhecida dos brasileiros, principalmente em tratamentos e benefícios para a pele, a cenoura também tem uma atuação superimportante na proteção do sistema imunológico, já que ela é rica em vitamina A, que atua na manutenção das membranas mucosas e ajuda a evitar infecções e gripe.

6. Acerola

Você pode não estar acostumada a comprá-la no mercado, mas saiba que ela é um dos melhores alimentos para o inverno. É uma poderosa fonte de vitamina C, equiparando-se a laranja quanto ao seu nível. Ajuda na manutenção de mucosas e das células imunes do corpo. Também evita quadros de anemia, graças ao ferro, cálcio e fósforo presentes na sua composição.

7. Canela

É muito comum usá-la para combater os agentes infecciosos, quando a gripe já está se alastrando pelo organismo. Mas, você pode consumi-la bem antes que isso aconteça. Por ser termogênico, ajuda a aquecer o corpo nos dias frios, além de reduzir o nível do colesterol. Ainda tem ação antibacteriana, anti-inflamatória e expectorante. Acrescente-a aos doces para reduzir sua compulsão por açúcar.

8. Cebola

Está presente na maioria dos pratos brasileiros. Então, seu consumo não será grande novidade. Pode ser acrescentada em pratos salgados e sopas. Graças a sua composição rica em flavonóides, tem poder anti-inflamatório e anti-oxidante. Também possui vitaminas A, B e C, e sais minerais como ferro, potássio, sódio, fósforo e cálcio.

9. Cogumelos

Pode não ser um dos seus alimentos para o inverno predileto, porém, são ótimos para o organismo. Algumas espécies comestíveis possuem beta-glucanas, que estimulam o sistema imune. Além disso, são conhecidos por combater diversas bactérias e vírus graças aos seus altos teores de proteínas, contendo todos os aminoácidos essenciais e ácidos graxos polinsaturados.

E não se esqueça!

É bom lembrar que somente incluir esses alimentos nas refeições diárias pode não ser suficiente para evitar gripes e resfriados. Além de acrescentá-los no cardápio, é importante seguir uma rotina saudável para cuidar da sua saúde por completo.

O consumo de alimentos gordurosos, por exemplo, deve ser evitado, já que eles dificultam a absorção de nutrientes. O excesso de sal também provoca uma desidratação no organismo e prejudica a produção de anticorpos, tão necessários para proteger nosso corpo de vírus e bactérias. E, não se esqueça de praticar exercícios.

Leia também: