Personagens inesquecíveis: Alexandre, A Viagem (1994)

Interpretado por Guilherme Fontes, Alexandre aterrorizou gerações de noveleiros e se consagrou fazendo de A Viagem um filme de terror

Alexandre, de A Viagem (1994)
Por Erika Alfaro - 12/12/2018

Foto: Divulgação/Globo

Maldoso e sem caráter, Alexandre (Guilherme Fontes) conduzia a trama de A Viagem e sua história se eternizou na memória popular. Suas expressões de psicopatia e a ânsia descontrolada por vingança fizeram o personagem virar até meme nas redes sociais. E, ainda hoje, quando o clássico da autora Ivani Ribeiro é relembrado, o personagem logo vem à mente do público.

Alexandre: um poço de vingança

Alexandre era vingativo e desajustado. Filho caçula de dona Maroca (Yara Cortes), irmão de Diná (Christiane Torloni), Raul (Miguel Falabella) e Estela (Lucinha Lins), e namorado de Lisa (Andréa Beltrão), tentou roubar o cofre do escritório onde trabalhava para quitar uma dívida, mas foi pego em flagrante, e, por desespero, matou o tesoureiro da empresa.

Entregue à polícia por seu irmão, Raul, e pelo cunhado, Téo (Maurício Mattar), Alexandre foi condenado e se suicidou na prisão. Quando chegou no Além, foi encaminhado ao Vale dos Suicidas, de onde passou a prejudicar a vida de Raul, Téo, que começou a namorar Lisa, e Otávio (Antonio Fagundes), um advogado renomado que se negou a defendê-lo no tribunal.

Uma luz de amor na escuridão

De todos os seus irmãos, Diná, a mais velha, foi a que mais protegeu o rapaz, desde sua prisão, chegando a culpar Otávio pela morte de Alexandre. Com o passar do tempo, contudo, ela acabou se envolvendo com o advogado, o que deixou Alexandre obcecado em destruir o relacionamento da irmã. Com a morte de Otávio e de Diná, os dois agiram juntos para neutralizar a má influência de Alexandre sobre os vivos. Nos capítulos finais da história, Alexandre se redimiu de seus erros e se desculpou com o homem que matou. Depois, num final histórico, pediu a seu mentor, André (Lafayette Galvão), para reencarnar como filho de Lisa e Téo.

Quer ficar por dentro de todas as novidades das novelas e relembrar tramas marcantes? Não perca os conteúdos da revista Guia da TV!

LEIA TAMBÉM

Texto: Daniele Olimpio/Colaboradora | Edição: Érika Alfaro