Salas pequenas: como montar um ambiente agradável

Avalie

A ideia de que com pouco dinheiro não se faz grandes coisas nem sempre é verdade. Foi usando a criatividade que a designer de interiores de Brasília, Marli Rodrigues, conseguiu transformar salas aparentemente simples em ambientes aconchegantes, sofisticados e, claro, muito bonitos. E tudo feito com um orçamento bem reduzido.

Salas pequenas

Divulgação

  • Planta: para quebrar a brancura do ambiente foi usado o vaso com Bambu Mosso e as almofadas amarelas no sofá.
  • Sensação: a mesa de centro e o tapete trouxeram aconchego e sofisticação ao espaço.
  • Dica: o espelho acima do aparador deu sensação de amplitude à sala.
  • Bonito com apenas R$ 4 mil: o espaço foi projetado para uma jovem que mora sozinha num apartamento alugado em Brasília. A sala já veio com detalhe em sanca aberta de gesso e todas as paredes na cor branca. Para a designer, o desafio foi criar um espaço aconchegante, sem modificar a estrutura do ambiente e nem mesmo a cor. A decoração, então, se baseou nos móveis soltos para dar a sensação de conforto que a cliente queria, num espaço de 25 m². E o melhor, toda a decoração custou aproximadamente R$ 4 mil.

 

Criativo e aconchegante

Salas pequenas

Divulgação

Este projeto foi feito para uma cliente que há anos sonhava em ter seu próprio apartamento decorado e, até então, não tinha conseguido realizar. “A principal tarefa que eu tinha em mãos era fazer um projeto barato que ela conseguisse finalizar, para não ter novamente algo inacabado em sua vida”, conta Marli.

  • As poltronas e tapetes proporcionam conforto e aconchego à sala, tornando o ambiente convidativo às visitas.
  • Dica: os quadros em tons alaranjados dão vida e colorido ao dia a dia da casa.

 

sala pequena

Divulgação

  • A parede na cor verde, preferida da cliente, destacou o espaço sem perder a elegância da proposta.

 

Desafio do espaço

Salas pequenas

Divulgação

  • A sala foi ampliada junto à varanda e, durante a obra, elas encontraram vários canos de esgoto do prédio na divisão dos dois ambientes. Para camuflar o problema, a designer colocou um vaso fixo na parede e, o que era um problema, tornou-se o destaque da sala de estar. Agora ninguém imagina que ali atrás estão os canos.

 

Texto: Thaís Luquesi/ Colaboradora

Consultoria: Marli Rodrigues, designer de interiores

Mais lidas