Entrevista com Mel Fronckowiak

Avalie

Linda e dedicada, a atriz vive bons momentos atuando em Rebelde

A atriz de 23 anos é só sorrisos! Na pele da personagem Carla, em Rebelde, Mel Fronckowiak revela sua paixão por música e atuação. No bate papo com a Guia da Tevê, a bela nos conta os detalhes da sua trajetória e da vida pessoal.

Entrevista com Mel FronckowiakGuia da TV: Você está namorando?

Mel: “Não, mas estou namorando a novela, ué? (risos). Mas se eu estivesse namorando, acho que não estaria fazendo Rebelde com tanta dedicação.”

Guia da TV: De onde vem seu sobrenome?

Mel: “Eu tenho descendência portuguesa, espanhola e polonesa.”

Guia da TV: Você já morava aqui no Rio?

Mel: “Eu vim pra cá por causa de Rebelde. Até então eu morava em São Paulo.”

Guia da TV: Você mora sozinha?

Mel: “Em São Paulo eu morava com umas amigas minhas, mas também morei sozinha, como agora aqui no Rio.”

Guia da TV: Você fez alguma faculdade?

Mel: “Eu comecei a fazer jornalismo no sul, mas tranquei.”

Guia da TV: Desde quando você pensa em ser atriz?

Mel: “Acho que desde pequena, mas comecei a pensar seriamente há uns cinco anos.”

Guia da TV: E como chegou até Rebelde?

Mel: “Através de testes. Eu fazia muita publicidade e conhecia um agente no Rio que me indicou pra alguns testes na Globo, fiz esse aqui na Record, e não sai mais.”

Guia da TV: Como começou sua carreira?

Mel: “Eu fiz teatro amador no sul e em São Paulo, mas fiz poucos espetáculos profissionais. Na TV eu só fiz comerciais e uma participação em Viver a Vida, uma modelo, amiga da Luciana (Alinne Moraes).”

Guia da TV: Você cozinha?

Mel: “Cozinho e bem… Faço umas massas incríveis!”

Guia da TV: Qual sua especialidade?

Mel: “Eu faço um calzone maravilhoso que aprendi com a minha mãe, eu sei fazer a massa inclusive, é uma massa podre que você recheia de maneiras diferentes. E tem uma outra receita, uma torta light feita de claras, que você recheia com peito de peru, mussarela, tomate e cereja. Mas eu gosto de cozinhar bastante e tenho feito coisas legais.”

Guia da TV: Qual seu livro de cabeceira?

Mel: “Tem um livro que todo mundo deveria ler: A insustentável leveza do ser, que a gente lê e passa a se conhecer melhor.

Texto: Larissa Faria
Entrevista: Eliane Calixto
Foto: Roberto Filho/AgNews

Mais lidas