Entrevista com Carol Castro

Avalie

Na nova novela das seis, “Amor Eterno Amor”, com estreia prevista para o dia 5 de março, na Globo, Carol Castro vai interpretar “Jacira”, uma artesã que trabalha com couro vegetal. Nesta entrevista para a Guia Astral, a atriz conta um pouco sobre sua nova personagem e fala de sua experiência nos anos dedicados à televisão. Confira!

carol-castro

Foto: Alex Palarea, Roberto Filho e Felipe Panfili/AgNews

Guia Astral: Como está a expectativa para interpretar “Jacira”, de “Amor Eterno Amor”?
Carol: “Ela é bem diferente de todas as personagens que eu fiz até agora. É uma mulher que me surpreendeu, é serena, correta, trabalha com couro vegetal, fazendo colares, pulseiras. A ‘Jacira’ é uma mulher devota ao marido (Erom Cordeiro), tem um casamento perfeito, porém, eu acho que alguma coisa vai acontecer lá na frente, porque os dois têm uma relação muito perfeita.”

Guia Astral: Você sempre teve contato com o mundo do artesanato ou essa é a sua primeira experiência?
Carol: “Quando eu era pequena, pintava conchinhas e fazia o básico. Mas não é nada comparada à habilidade manual da ‘Jacira’. Para dar vida a ela, eu tive que aprender a fazer artesanato. Em Marajó, no Pará, eu tive também aula de montaria para subir certinho em cima do búfalo. Mas, como eu gosto de aprender, de estudar, não foi um sacrifício para mim. Em ‘Morde & Assopra’, eu aprendi a cozinhar e a experiência foi o máximo.”

Guia Astral: Qual a mensagem que você espera passar com a “Jacira”?
Carol: “O legal nesse trabalho é conhecer a história e se divertir com a trama. De cara, eu sabia que era ótima a história e que o desafio de dar vida à ‘Jacira’ seria grande. Ela vai falar da cultura, de um cantinho do nosso país, que fica esquecido, que é a Ilha de Marajó, no Pará. É tão rico o lugar e eu fiquei maravilhada de montar em búfalo, de conhecer a região, que está lá parada no tempo e é maravilhosa.”

Guia Astral: Você estreou na tevê em 2003. Como você analisa a sua trajetória?
Carol: “Entrei na Globo em 2003, na novela ‘Mulheres Apaixonadas’ e acho que nesse tempo todo eu cresci muito como atriz. Perto de fazer 28 anos, eu estou muito feliz com a minha trajetória. Eu tenho contato com teatro desde os meus nove anos. Meu pai é ator, diretor, e não tinha mesmo como fugir da carreira. Cheguei a fazer faculdade de jornalismo porque gosto de ler e escrever, mas vi que o que eu queria mesmo era ser atriz.”

Guia Astral: Hoje, como você definiria a Carol Castro?
Carol: “Estou feliz e dizem que tudo começa aos 30 anos. Como estou quase com 28, estou chegando lá (risos). Hoje, estou mais madura e me conheço melhor. Não tenho mais aquela ansiedade juvenil. Tenho aquela luz da criança em mim, que vale a pena, mas estou mais segura, mais forte, para tomar as minhas decisões.”

Texto: Aline Leão
Entrevista: Márcio Mello – Colaborador

Mais lidas