Quanto mais colorido, melhor!

Avalie

Lembre-se disso quando for montar seu prato. Segundo Flávia Morais, nutricionista e coordenadora do Departamento de Nutrição da rede Mundo Verde, a “falta de cor” nas refeições enfraquece o sistema imunológico, torna unhas e cabelos quebradiços, e dificulta a concentração e o sono. “Alimentos de cores diferentes têm nutrientes diferentes. Quanto mais colorido o prato, maior a variedade de nutrientes”, explica. Veja quais os benefícios das cores:

mulher comendo frutas

Amarelo, vermelho e laranja: o betacaroteno, presente na abóbora, cenoura, tomate e melancia, inibe a ação dos radicais livres, aumenta a imunidade e mantém a saúde ocular.

Roxo: ameixas, amoras e uvas contêm antocianina, que combate o envelhecimento precoce, melhora a circulação e reduz as taxas de colesterol.

Marrom: cereais integrais e oleaginosas são boas fontes de fibras, que ajudam a regularizar o funcionamento intestinal, e vitaminas do complexo B, que combatem a fadiga.

Verde: rúcula, couve e espinafre são ricos em ferro, essencial à manutenção do transporte de oxigênio às células; a clorofila, por sua vez, auxilia na desintoxicação do organismo.

 

Foto: Yuri Arcurs/Glow Images/Latinstock

Mais lidas