Rapidinha no elevador

Avalie

Eu queria muito ficar com um amigo do meu irmão e ele sempre se fazendo de difícil até que um dia teve um festão em uma chácara e fomos todos nós. Curtimos bastante, ele ficou com quem ele quis e eu também, até que deu a hora de ir embora e, como estava de madrugada e não tinha mais condução, o amigo do meu irmão me ofereceu uma carona até a minha casa.

Nada boba, eu aceitei e entrei rapidamente no carro. Já estava rolando algumas trocas de olhares, mas não aconteceu nada de mais. Chegando no condomínio que eu moro, ele quis me acompanhar até o meu apartamento… e eu logo entendi o recado. Assim que entramos no elevador, nosso desejo falou mais alto! Eu estava de vestidinho bem curto com uma sandalia de salto alto, cabelo comprido e solto. Ele puxou o meu cabelo, segurou meu braço, prendeu o elevador e lá ele começou a me beijar loucamente… Depois ele me pegou no colo e começou a fazer um sexo oral em mim que me levou à loucura! Ele me chupou com gosto e eu estava gemendo loucamente no ouvidinho dele. Depois, ele me colocou contra as paredes do elevador levantando levemente só uma perna minha e começou a me penetrar inteira! Nossa! Foi muito bom e quando a gente conteve um pouco os ânimos, ele liberou o elevador me levando no colo para dentro do meu apartamento onde continuamos fazendo aquele amor gostoso de muito desejo… nossa, foi muito bom.

Mais lidas