Loucura com o pedreiro

Avalie

Eu estava em casa com meu filho de dois aninhos dormindo no andar de cima quando um dos pedreiros que trabalhava na construção ao lado da minha casa bateu em meu portão me pedindo um pouco de água. Eu já estava de olho nele há dias e sentia que, apesar dele ser amigo do meu marido, também me olhava…

Eu disse a ele para vir até a porta da cozinha, começamos a conversar e quando vi – do nada – ele já estava dentro da minha cozinha me beijando! Aquele beijo me deixou louca pois eu queria muito sentir aquele homem másculo, lindo, de olhos verdes…

Puxei ele para trás da porta e como eu estava de saia, ele começou a passar a mão na minha vagina. Aquilo me arrepiava da cabeça aos pés… O medo de alguém ver ou meu filho acordar me dava mais prazer ainda, ele me segurou firme e me pôs de costas pra ele. Me apertava muito com o membro dele que já estava quase saltando para fora das calças!

Num impulso, ele puxou minha calcinha de lado e pondo seu membro pra fora encostou bem na portinha da minha vagina. Neste momento eu disse um ¨não¨ bem baixinho e ele sussurrou: ¨relaxa, minha linda, te quero¨. Nem pensei. Só senti aquele pênis maravilhoso me penetrando, num vai e vem bem rápido, cheio de medo e desejos. Ele bombava muito forte, eu sentia minha vagina melando o pênis dele todo. De repente, escutamos um barulho e ele parou com o pau bem lá no fundo! Eu pedi que ele me soltasse e ele começou a bombar novamente, eu não podia gritar pois a porta estava aberta e corria o risco de chegar alguém a qualquer momento… Com muito custo, eu consegui afastá-lo e pedi que ele parasse com a promessa de que marcaríamos para sair depois do trabalho dele e estamos assim há quatro anos já… e toda vez parece ser a primeira! Uma loucura!

Mais lidas