Em plena madrugada

Avalie

Eu tinha ido dormir na casa de uma amiga. O portão estava trancado e ficamos no pátio conversando mesmo depois que os pais dela dormiram. Lá pelas duas da manhã passou um amigo meu e a gente começou a conversar. Papo vai, papo vem e eu pulei o portão para chegar mais pertinho…

Eu e ele resolvemos ir numa praça que tinha lá perto. Lá, sentamos num banco e começamos a nos beijar. Logo as coisas começaram a esquentar: ele me deitou no banco e veio por cima de mim, começamos a tirar a roupa. O vento frio me deixou arrepiada e ele percebeu estimulando ainda mais os arrepios com aquela língua quente. Depois me penetrou gostoso no meio da praça e quando tudo acabou fomos para a casa da minha amiga.

Já era seis horas da manhã e eu pulei o portão. Entrei bem de fininho e fui dormir. Com certeza foi uma noite de prazer que nunca vou esquecer.

Mais lidas