Manicure em casa

1º passo: monte seu kit básico
1. Lixa: segundo o estilista de unhas Marcelo Santos, do Espaço Glecciano Luz, ela deve ser reta e bem resistente. “Se houver ondulações, não compre”, orienta.

2. Alicate para cutícula: é menor e mais delicado que o de cortar as unhas. Os mais indicados, segundo o especialista, são os de inox.

3. Alicate para cortar: também valem os de inox. “O ideal é ter um alicate para as unhas do pé e uma tesourinha para as unhas da mão”, diz.

4. Palito para retirar excesso de esmalte, algodão, base e removedor de esmaltes: você pode comprar os que encontrar em lojas próximas da sua casa. A única recomendação do estilista é que estejam dentro do prazo de validade.

2º passo: como fazer
1.Cortar: use uma tesourinha para fazer esse trabalho e seja bem cuidadosa para deixar todas as unhas do mesmo tamanho.

2. Lixar: é essa tarefa que dá o acabamento para que o formato das unhas fique bonito. “Lixar não só no sentido horizontal, mas também no vertical, ajuda a deixá-las mais bonitas”, diz Santos.

3. Tirar o excesso de cutículas: é preciso amolecer a pele que reveste as unhas para que ela possa ser empurrada com facilidade e se desgrude da superfície da unha. “O ideal é usar cremes próprios para amolecer a cutícula em vez de mergulhar os dedos na água”, orienta o especialista. Depois, usando alicate esterilizado, retire apenas o excesso de cutículas, com cuidado para não se machucar. Se preferir, apenas empurre a pele.

4. Passar base: ela ajuda a proteger as unhas. Pode usar uma base fortalecedora se as suas forem muito fracas.

5. Finalizar: segundo o estilista de unhas, o ideal é passar apenas uma camada de base e uma de esmalte. Mas tudo depende da cor que você vai usar: as mais escuras e cremosas pedem mais de uma camada para ficarem bonitas. Para quem não tem tempo de cuidar das unhas, Santos recomenda parar o processo na base e abrir mão do esmalte, o que já dá um efeito de “unha feita”. Para terminar, limpe tudo com um palito e um pouquinho de removedor de esmaltes.

Dicas especiais
– Para deixar a superfície da unha bem lisinha, sem ondulações, o ideal é usar uma lixa própria para esse fim: elas são mais finas e delicadas que as comuns.
– O óleo de cravo é um grande aliado das manicures. “Passe para fortificar as unhas e evitar micoses”, ensina Santos.
– Para esterilizar seus alicates, o especialista explica que fervê-los não é suficiente. “O ideal é entregar o kit para a manicure esterilizar no salão e, depois, levá-lo para casa”, diz.
– Quer tirar o esmalte escuro das unhas sem manchá-las? “Use acetona”, recomenda Santos.

Foto: Sylvia Gosztonyi/Colaboradora
Foto: Ablestock/Keydisc
Marcelo Santos é estilista de unhas do Espaço Glecciano Luz, no Rio de Janeiro.
Fotos: Jupiterunlimited/Other Images
Texto: Adriana Serrano

Mais lidas