Saiba as diferenças entre nutrição e hidratação

Saiba as diferenças entre nutrição e hidratação

Foto: Thinkstock/Getty Images

A dúvida é muito comum entre as mulheres: nutrição ou hidratação? Como escolher entre elas? A hidratação é indicada para repor água e sais minerais. Já a nutrição devolve nutrientes, como proteínas, vitaminas e lipídeos aos fios. Para que você entenda melhor cada processo e possa decidir entre eles, consultamos profissionais que respondem pelas marcas Yenza e Lacan, que vão tirar suas dúvidas e apresentar o tratamento ideal para o seu tipo de cabelo.

Hidratação

Quando os fios estiverem com aspecto áspero, quebradiços, sem brilho e maciez é hora de procurar a hidratação. “Ela é indicada para recuperar o cabelo, devolvendo a umidade natural. Sericina, óleo de argan, ômegas 3 e 6, macadâmia, proteínas marinhas, proteínas do leite, queratina, óleo de girassol e Semi di Lino são ativos poderosos, que exercem a função de forma precisa e eficiente”, explica Elias Oliveira, técnico da Lacan.

A hidratação também mantém a saúde dos cabelos e pode ser feita sempre que os fios estiverem sem forma ou ásperos. O ideal é que o tratamento seja feito uma vez por semana ou a cada 15 dias, mas as empresas também possuem produtos para manutenção em casa, que podem prolongar esse período.
Os preços variam de acordo com cada marca e maneira de aplicação. Os conjuntos de tratamento capilar Lacan, com seis tipos de concentrados, custam R$ 150,00 – eles podem ser utilizados de 20 a 30 aplicações. Já a hidratação com alta performance da Yenza pode ser encontrada por R$ 30,00.

Nutrição

A nutrição é indicada para intensificar a saúde dos cabelos debilitados por processos químicos, como alisamento, relaxamento, coloração, descoloração e processos de impermeabilização dos fios. Vento, sol e utilização excessiva de secador ou prancha são outros fatores que comprometem a nutrição dos cabelos.

Nesses casos, lance mão do tratamento, que é apropriado para repor proteínas, vitaminas e lipídeos necessários para a saúde dos fios. “A nutrição deve ser feita sempre que o cabelo estiver opaco, quebradiço ou poroso”, aponta Hayssa Khoury do departamento de marketing da Yenzah.
Os profissionais orientam que o tratamento seja feito semanalmente, em caso de cabelos muito danificados, ou de 15 em 15 dias. Em casa, lave as madeixas em dias alternados e use produtos indicados para o seu tipo de cabelo. A nutrição não substitui a hidratação, por isso, não deixe de hidratar os fios.
O valor do tratamento também varia, podendo custar entre R$ 50,00 e R$ 500,00.

Escolha de acordo com o tipo de cabelo

Você também pode identificar qual o melhor tratamento, analisando seu tipo de cabelo. Os fios ressecados pedem hidratação, já o brilho das madeixas pode ser devolvido por meio dos dois tratamentos. Se o problema é falta de maciez, lance mão de hidratação. A orientação dos profissionais para os cabelos normais ou oleosos são hidratação e nutrição. Crespos, cacheados ou afros devem ser nutridos. “É necessário esclarecer que alguns casos são relativos. O cabeleireiro pode analisar mais profundamente e fazer a orientação”, salienta Hayssa.

 

Consultoria: Hayssa Khoury, do departamento de marketing da Yenzah, http://yenzah.com.br;

Elias Oliveira, técnico da Lacan, http://www.lacan.com.br

 

 

Curtinhos e Cia

 

 

Para conferir mais dicas, adquira a revista Curtinhos & Cia – já nas bancas!

 

 

 

 

 

 

Mais lidas