Moda listras

Tire proveito da estampa que vai invadir esta estaçãoVira e-mexe as listras voltam e vem com tudo! Confira o guia para usar listras, preparado pela estilista Andréia Carbonari, que, antes de tudo, destaca: “o importante é sentir-se bem com o que se usa”.

Listras horizontais
Alargam as formas, diminuem a estatura e evidenciam uma região do corpo.

Quem não pode:
gordinhas devem evitar listras na horizontal. Mulheres com quadril largo também, especialmente quando a estampa é combinada com uma calça legging.
Quem pode: mulheres magras ou que queiram dar a sensação de maior volume, por exemplo, as que têm pouco seio devem explorar a padronagem desde que a listra branca fique exatamente sobre o colo. “As que são muito altas podem abusar, mas é preciso que as listras sejam bem largas”, avisa a estilista.

Listras verticais
Quando estão na vertical, as listras alongam a silhueta.

Quem não pode: não caem muito bem em mulheres superaltas.
Quem pode: todas que quiserem parecer mais magras e altas. “Uma baixinha, por exemplo, fica ótima com um macacão com listras bem finas na vertical”, sugere Andréia.

Listras em vários sentidos
Uma mesma roupa que mistura diferentes padronagens de listras (na diagonal, na horizontal, na vertical), conforme o recorte da peça, ajuda a modelar a silhueta.

Listras na diagonal
Causam um efeito de ilusão de ótica, ou seja, confundem o olhar.
Quem não pode: donas de uma silhueta mais cheia devem evitar peças muito amplas com essa padronagem.

Quem pode: mulheres não muito acima do peso que desejam parecer com uma cintura mais fina podem tirar proveito de uma blusa com listras na diagonal.

Combinações ousadas
Um vestido com listras largas na horizontal por si só já é um risco à silhueta, imagine quando combinado com um cinto colorido marcando a cintura. Mas em corpos enxutérrimos como o de Alinne Moraes é impossível ficar feio. “Mas só mulheres sem barriga e que não tenham muito busto podem usar esse tipo de combinação”, reforça Andréia.

Para acertar sempre
– Quer sustentar com classe uma blusa listrada? Veja o toque de Andréia: “não compre exatamente o seu número, compre um ou dois números maior que o seu: isso dará leveza e charme a você”.

– Combine as listras apenas com peças lisas.

– As gordinhas que querem seguir a tendência devem optar pelas listras verticais, que deixam o corpo longínquo e disfarçam a barriguinha.

– Listras muito finas devem ser evitadas em calças por mulheres magras: as pernas parecerão magrinhas demais.

– Fuja das listras coloridas: prefira sempre a oscilação de duas cores. Exemplo: listras brancas e azuis, pretas e brancas, etc.

– Não leve para casa a primeira peça que gostar sem antes prová-la, pois algumas lojas dificultam bastante a troca de roupas.

– Jamais use calça com listra vertical e blusa estampada ou uma calça estampada com blusa listrada.

– Não tem erro: combine uma blusa de listras azuis e brancas com uma calça preta, um jeans azul ou uma saia branca. A mesma regra vale para as calças de listras e a blusa lisa, que pode ter um pequeno detalhe colorido.

Andréia Carbonari é estilista, da Casa dello Stile.
Texto: Larissa Rosseto

Tags: ,

Mais lidas