Dúvidas sobre hábitos e cuidados com animais domésticos

Você acha que os animais nos entendem? Para responder às perguntas das leitoras, a veterinária Nívea Maria Thomazo Fadeli, da Indústria de Pet Food Guabi, respondeu a perguntas sobre a saúde e os hábitos dos animais domésticos. Confira:

 

Dúvidas sobre hábitos e cuidados com animais domésticos

Foto: Thinkstock/GettyImages

1. Os papagaios nos entendem? Norma, Rio de Janeiro

Sim, eles nos entendem, mas não é como o cérebro humano. Os animais se adaptam ao meio em que vivem e, em decorrência disso, muitas reações são motivadas por estímulos do que eles estão acostumados a presenciarem. Eles nos observam o tempo todo, é como se estivessem nos filmando, e isso faz com que tenham reações condicionadas. Por exemplo: se sempre que colocar a coleira no seu cachorro, você o levar para passear, ele vai aprender que “colocar a coleira” significa que ele vai dar uma volta. Daí em todas as vezes ele vai esboçar uma reação positiva ao ver a coleira ou pronunciar a palavra “passeio”, se você o acostumou com o som da palavra.

2. A vacina V10 tem que ser dada anualmente? Valéria, São Paulo

Sim, a V10 é dada anualmente. Quando filhotes são dadas três doses da vacina, algumas raças mais sensíveis são dadas até quatro doses para que o animal adquira anticorpos. Após, a vacina é dada anualmente para ativar a memória de defesa para esses 10 antígenos que a vacina previne.

3. Se o cachorro dormir com o seu dono na cama, é possível transmitir os parasitas pelos lençóis e para pele? Mônica, São Lourenço (MG)

Sim, se o animal tiver infestado com parasitas, como pulga ou carrapato, além de outras doenças e zoonoses comuns, como as sarnas, pode ser transmitido ao homem. Para reduzir esse problema, aplique parasiticida e vermífugo (caso tenha o hábito de beijar o cão) e mantenha alguns cuidados de higiene em dia, como banhos semanais.

4. Tenho dois cachorros e um deles sempre sai para dar uma voltinha. Com isso vem cheio de pulgas e acaba infestando o outro, que não tem o hábito de sair. Existe alguma receita caseira para combater pulgas e carrapatos? Leika, Indaiatuba (SP)

Para combater pulgas e carrapatos é preciso aplicar um carrapaticida ou parasiticida no animal, que são produtos tóxicos e não podem ser feitos em casa, por isso são industrializados e encontrados nos pet shops ou lojas agropecuárias. Além disso, as pulgas são problema do ambiente onde o cachorro fica, isto é, elas ficam 90% no local e apenas 10% no animal, quando vão para se alimentar. Para acabar com as pulgas é preciso dedetizar o local, pois esse parasita costuma botar os ovos em locais baixos, como no chão, no sofá, frestas de madeira. Um grande aliado é o aspirador de pó, passe-o nos móveis e frestas para aspirar os ovos desse parasita.

5. Como acabar com carrapatos? Alexandra, Aracaju (PE)

O cão pega carrapatos após passar por áreas infestadas. Por isso, a melhor maneira é prevenir, aplicando um parasiticida no cachorro uma vez por mês. Outra medida é dedetizar o ambiente com Almitraz, borrifando a substância diluída com uma bombinha própria e os devidos cuidados nos locais mais altos, onde os carrapatos tendem a ficar.

6. Qual exame tenho que fazer em meu cachorro para saber se ele tem leishmaniose? Helem, Goiânia (GO)

É feito um exame de sangue chamado sorologia pra leishmaniose.

7. Minha cadela Meg esta com câncer. É aconselhável retirar os nódulos? Heloísa, Carangola (MG)

Depende muito do tipo de câncer e o local diagnosticado. Além das cirurgias, atualmente existem quimioterapias para combater a doença e outros tratamentos mais específicos.

8. Por que a raça de cachorro Boxer morre tão rápido? Adriana, Joinville (SC)

O Boxer é um cachorro de porte médio a grande, e animais de porte maiores demoram mais para se tornar adultos, em média aos dois anos, e também envelhecem mais rápido. Por isso a média de vida de um cão de grande porte são 11 anos. Já com os cães de porte pequeno acontece o contrário. Eles se tornam adultos mais rápido e envelhecem mais devagar, chegando a uma média de 15 anos de vida.

9. Gato tem que dormir dentro de casa? Simone, Santo André (SP)

O gato possui hábito noturno, ou seja, é próprio dele dormir fora de casa. Mas se preferir que ele durma em casa, você pode castrá-lo quando for filhote, isso o deixa mais calmo, sedentário e reduz o instinto de ir pra rua procurar a fêmea, e também ensiná-lo desde pequeno a ficar em casa.

10. Qual o melhor meio para que os animais de estimação não sintam frio? Elza, Cachoeiro de Itapemirim (ES)

Se o animal dorme dentro de casa, pode-se usar uma roupinha e colocá-lo numa caminha com panos, no caso de cães e gatos. Caso o animal durma no quintal, por exemplo, é preciso proporcionar abrigo para ele, como uma casinha resistente e segura, longe do vento, colocar junto uma cobertinha e mesmo vestir uma roupa quentinha. O dono deve sempre oferecer formas do animal se esquentar, pois ele foi domesticado e precisa encontrar abrigo também fora de casa.

 

Consultoria: Nívea Maria Thomazo Fadeli, veterinária da Indústria de Pet Food Guabi. Site: www.guabinatural.com.br

Mais lidas