Sala integrada preta e cinza

Avalie

O ambiente projetado pela arquiteta Ana Lívia Werdine para um jovem solteiro conta com uma atmosfera mais masculina, onde predomina o cinza e o preto, também foram utilizados quadros com imagens de carros e gravuras de pop art.

Sala integrada preta e cinza

Foto: Henrique Queiroga/ Divulgação

Destaque

O papel tornou-se ponto de destaque na sala. “É elegante e ao mesmo tempo descontraído, compõe bem com o restante da decoração e o melhor é que não ocupa espaço no ambiente, que era reduzido. Além disso, o desenho vertical do papel alonga a sala, criando sensação de ambiente mais alto”, afirma a arquiteta.

+Leia também: salas de estar decoradas e elegantes

Sala integrada preta e cinza

Foto: Henrique Queiroga/ Divulgação

Iluminação especial
Para valorizar o papel, a arquiteta conta que usou luzes dicróicas, posicionadas a 20cm de distância da parede, que criaram um efeito interessante.

+Leia também: sala de estar pequena, colorida e barata!

Sala integrada preta e cinza

Foto: Henrique Queiroga/ Divulgação

Atenção

O preto em excesso pode dar a sensação de ambiente menor, mas quando conjugado com as outras paredes brancas, e com espelhos, ele dá profundidade ao espaço e mais aconchego. Para não ficar pesado, Ana utilizou quadros coloridos e divertidos de pop art, livros e adornos com cores alegres, paredes e teto brancos adjacentes e muita iluminação.

Sala integrada preta e cinza

Foto: Henrique Queiroga/ Divulgação

Texto Jussara Tech

Mais lidas