Palhinha nos móveis

Avalie

A palhinha vem se reinventando com o tempo e conquistando espaço em diversos ambientes e estilos. Também chamada de “palha de Viena”, por ter se tornado conhecida na cidade austríaca no século 19, ganhou popularidade no Brasil nas décadas de 50 e 70. Desde então, é considerada um clássico.

“A palhinha é um elemento que confere elegância aos ambientes e também está associada à nobreza, uma vez que já apareceu em peças como a poltrona Luís XV e cadeira Medalhão”, explica Maria Cristina Bahia, decoradora e proprietária de uma loja especializada no material. “A palhinha proporciona aconchego e tradição aos ambientes e, quando inserida num espaço mais moderno, cria uma personalidade própria”, explica a decoradora.

Mistura moderna
Embora tenha sido eternizada em cadeiras e poltronas, a palhinha ganhou espaço e começou a aparecer também em outros tipos de mobiliários. Isso porque, além do toque clássico que dá aos espaços, ela confere outras características aos ambientes.

Por ser uma trama vazada, agrega leveza à decoração. Essa característica foi o que levou o designer de interiores Marco Dias Reis a desenhar uma cabeceira de palhinha, para o Quarto do Rapaz (segunda foto), seu ambiente exposto em uma mostra de decoração. A escolha da palha natural foi a mais acertada, uma vez que a cabeceira vai até o teto e a cama está posicionada no centro do quarto.

Divulgação

Divulgação

Além disso, o elemento deixou o ambiente mais personalizado e moderno, por causa da mescla de estilos. “A palhinha proporciona aconchego e tradição aos ambientes e, quando inserida num espaço mais moderno, cria uma personalidade própria”, analisa o designer.

Divulgação

Divulgação

Consultoria

Maria Cristina Bahia, decoradora e proprietária da loja Villa Maria. Site www.lojavillamaria.com.br

Texto: Marcella Moreira

Mais lidas