Dicas para escolher o melhor colchão

Avalie

Ter um bom colchão é essencial para uma boa qualidade de vida. Antes de fazer a compra, notar alguns detalhes podem ajudar e muito a melhorar suas noites de sono. Conversamos com a arquiteta Ivana Seabra, que deu várias dicas para quem necessita de um colchão novo. Confira!

Preço do colchão

Apesar de muitos colchões ainda custarem caro, é possível encontrar alguns modelos mais acessíveis. E o mais importante é levar em consideração que o colchão é um investimento, que dura por anos e anos. “O colchão deve ser extremamente confortável e a sensação de conforto é variável de pessoa para pessoa. A escolha certa do colchão é um excelente investimento para a saúde, pois nele poderemos ter um sono de qualidade e consequentemente bem-estar durante o dia”, afirma a arquiteta.

Como escolher o melhor colchão

Divulgação

De acordo com Ivana, a variação de preço é muito grande. “Pode-se encontrar colchão de casal de molas, na medida padrão, com preços de R$600,00 a R$6.000,00. Os valores variam de loja para loja e de marca para marca”, diz.

Especificações dos colchões

Antes de fazer a compra, é importante prestar atenção em algumas especificações. “O cliente deve ficar atento se o tipo de colchão que ele pretende adquirir está de acordo com suas necessidades. Regra básica é adequar o tipo de colchão às características físicas do cliente como peso e  altura, quesitos como ser solteiro ou casado, problemas de coluna e preferências por espuma ou mola”, explica a arquiteta.

Ela ainda afirma que as características de peso são fundamentais na escolha do colchão. “Devemos evitar aqueles que são muito macios para pessoas obesas e os que são mais rígidos para pessoas com peso mais leve”.

Características essenciais dos colchões

O mais essencial é que o colchão tenha certificação e garantia. “Devemos sempre adquirir colchão de boa procedência e evitar reaproveitá-lo. Todo colchão tem vida útil e precisa ser trocado de tempos em tempos”, acrescenta a especialista.

Como cada pessoa tem um biotipo diferente e a sensação de bem-estar se torna algo peculiar, o tipo de colchão ideal é aquele que irá atender as necessidades de cada um. “Deve-se sempre informar ao vendedor se a sua preferência é um colchão mais macio ou mais firme. E o mais importante, deve-se experimentar o colchão na loja e comprar com tempo e pesquisa, a fim de minimizar erros”, diz Ivana.



Colchão de mola ou espuma?

Segundo a arquiteta, não existe uma opção melhor do que a outra. “O colchão ideal é aquele que mantém a coluna em linha reta, deixando os ombros e o quadril afundarem ligeiramente, permitindo a sustentação correta do peso. O colchão de mola é indicado para pessoas de até 150kg, visto que eles não possuem densidade variável. Os colchões de espuma, geralmente considerados mais firmes
 que os de mola, possuem diversas densidades (D18 a D45), a serem escolhidos conforme o peso e altura da pessoa”, explica.

Consultoria

Ivana Seabra – arquiteta

Tags: ,

Mais lidas