Dicas para economizar água na hora da faxina

Avalie

Economizar água sempre foi essencial, mas atualmente, com a crise hídrica, é ainda mais importante se atentar para não gastar água demais. De acordo com a Organização das Nações Unidas, cada pessoa necessita de 3,3 m³/pessoa/mês, cerca de 110 litros de água por dia para atender as necessidades de consumo e higiene. Porém, no Brasil, o consumo por pessoa pode chegar a mais de 200 litros/dia.

Na hora da faxina, por exemplo, é possível deixar a casa tinindo utilizando uma quantidade de água bem menor do que geralmente se gasta. Conversamos com Paula Roberta da Silva, consultora de marca da franquia de limpeza Dona Resolve, que deu ótimas dicas para quem deseja economizar.

+ Veja também: 5 dicas para deixar a casa organizada sem perder muito tempo

água caindo da torneira

Foto: Thinkstock/Getty Images

Economizando água no período de racionamento

De acordo com a consultora, a água da chuva é uma das alternativas para utilizar na hora da faxina. “Podemos utilizar a água da chuva, a água da máquina de lavar e até mesmo a água utilizada no cozimento de legumes para a limpeza da nossa casa”, explica. Ou seja: cada gota preservada já ajuda – e muito – na hora da faxina.

Se você preferir, ainda existem empresas que fazem limpeza a seco com métodos, produtos e equipamentos específicos para sua casa.

Dicas simples para economizar água

Alguns métodos simples podem ajudar bastante na economia de água. “Atitudes básicas como fechar a torneira na hora do banho, no momento de escovar os dentes e também na lavagem das louças já ajudam muito na economia de água. Basta se conscientizar que a faxina pode ser feita normalmente”, conta Paula.

A água previamente utilizada, como a água da máquina de lavar ou da chuva, pode ser utilizada também para limpar ambientes externos, como a casinha do cachorro e o carro.

+ Veja também: cuidados na hora de comprar produtos de limpeza

“Como hoje em dia a limpeza a seco – ou a vapor – de carros está em alta, a sugestão é que nesse período a pessoa opte por esse método de limpeza”, aconselha a especialista. Para molhar plantas, também é uma boa pedida utilizar a água da chuva.

É hora de se conscientizar e evitar o uso desnecessário de água, como lavar calçadas, por exemplo. Veja outras atitudes que podem ser tomadas para o racionamento:

  • No banheiro: tome banho rápido – 5 minutos são suficientes para higienizar o corpo. Na hora de ensaboar, desligue o registro. Segundo informações da SABESP, a água que cai do chuveiro também pode ser reaproveitada para lavar a roupa ou qualquer outra atividade da casa. Para isso, deve-se colocar um balde ou bacia embaixo para armazenar aquela água.

 

  • Lavar o rosto: em um minuto lavando o rosto com a torneira meio aberta, uma pessoa gasta 2,5 litros de água. A dica é não demorar. O mesmo vale para barbear.

 

  • Descarga e vaso sanitário: Não acione a descarga à toa, pois ela gasta muita água. Quando a válvula está defeituosa, pode chegar a gastar até 30 litros. Mantenha a válvula da descarga sempre regulada e conserte os vazamentos assim que possível. Evite também jogar lixo no vaso, pois pode causar entupimentos.

 

  • Na cozinha: primeiro limpe os restos de comida dos pratos e panelas com esponja e sabão e só depois abra a torneira para molhá-los. Ensaboe tudo que tem que ser lavado e, então, abra a torneira novamente para novo enxágue.

 

  • Lavando roupas: junte bastante roupa suja antes de ligar a máquina ou utilizar o tanque. Evite lavar uma peça de cada vez. Se você utiliza o tanque, prefira deixar as roupas de molho e, depois, use a mesma água para esfregar e ensaboar. Depois, reutilize para a faxina!

 

  • Piscina: se você tem piscina em casa, durante à exposição ao sol, é possível perder 3.785 litros de água por mês por evaporação. Para evitar esse desperdício, cubra a piscina com material plástico, assim a perda é reduzida em 90%.

 

  • Evite lavar calçadas: “Muitas pessoas utilizam água para limpeza das áreas externas. Neste momento de racionamento, a melhor saída é que o cidadão passe a utilizar vassouras em troca das mangueiras ou a água da máquina de lavar para esse tipo de limpeza. Assim a pessoa faz sua parte e aproveita a água que já foi utilizada”, aponta a consultora da Dona Resolve.

 

mulher lavando roupa

Foto: Divulgação/Dona Resolve

Consultoria

Consultora de Marca da Dona Resolve, Paula Roberta da Silva
SABESP – http://www.sabesp.com.br/

Tags: , ,

Mais lidas