Decoração com mistura de estilos

Avalie

Foi-se o tempo que uniformidade era sinônimo de beleza na decoração. Atualmente, é possível juntar objetos aparentemente antagônicos e formar um ambiente cheio de estilo, personalidade e, claro, muita beleza. No projeto assinado pela arquiteta Laura Santos, convivem em um mesmo espaço, por exemplo, máscaras de Veneza, sofá estilo anos 50 e os clássicos poás, e o resultado é um quarto delicado sem nenhum aspecto de “amontoado”, como pode parecer na descrição das peças.

Tudo junto

Laura explica que a ideia para este quarto era criar um espaço agradável e criativo através de uma mistura sutil de estilos. “Detalhes como as luminárias orientais, as máscaras de Veneza e o sofá retrô estilo anos 50, fazem do ambiente um espaço diferenciado. Além destes elementos, temos a cabeceira preta de poá prata e a mesinha retrô laqueada de branco”, descreve ela.

Quarto de casal

Foto Daniel Mansur/Divulgacão

Os elementos escolhidos pela arquiteta não só deixam o ambiente diferenciado, mas garantem aconchego e, segundo ela, mostram que é possível misturar estilos sem errar.

Repaginar móveis

Sabe aquele móvel antigo mas muito charmoso que você tem em casa? Ele pode ser uma peça essencial na sua decoração. Não tem problema se a cor está desgastada, basta lixar e pintar novamente. Assim, o móvel volta como obra de destaque da decoração que ganhará um ar vintage (sabe aquele ar antigo e chique?). Foi mais ou menos isso o que foi feito nesse quarto, com o sofá.

Laura conta que, originalmente, o sofá era madeirado e de cor escura. Com a repaginação, ficou claro e ganhou um toque de laranja, para dar um efeito criativo. “A ideia era mostrar que é possível colorir sem pesar e nem tornar over a decoração”, explica.

Elegância das luzes

Em praticamente todos os projetos bem desenvolvidos, a iluminação é um elemento chave. Nesse quarto, não poderia ser diferente. Segundo Laura Santos, através da iluminação é que criou-se um ambiente aconchegante e elegante.

Quarto de casal

Foto Daniel Mansur/Divulgacão

Cabeceira diferente

Quando olhamos para o quarto, é impossível não notar a cabeceira da cama em poás. Ela foi feita com MDF revestido com espuma e tecido. Segundo Laura, a estampa foi escolha da dona do quarto. “Se trata de uma estampa que ao mesmo tempo é retrô e tradicional, também está super em alta e deixa o ambiente alegre e despojado”, garante Laura. As famosas bolinhas foram feitas em prata para garantir sofisticação e, além disso, a cabeceira ainda possui uma textura aveludada.

Cores na medida certa

Apesar de ter muitos elementos marcantes, o quarto é, em sua base, bastante neutro. Foi todo pintado de branco para permitir um ambiente leve e calmo. A partir daí, as cores foram distruídas pelos objetos. O preto e branco aparecem nas colchas, cobre leitos e até nos móveis e, para quebrar a monotonia, o tapete vermelho e o sofá laranja completam a escolha de cores do ambiente. “Desta forma o ambiente ficou alegre e criativo, sem se tornar pesado”, justifica Laura.

Laura conta que foram setorizados pontos de luz sobre a cabeceira preta de poá prata para evidenciar a escolha inusitada, mas a grande protagonista quando o assunto é a iluminação são as luminárias de estilo oriental. “De tamanhos diferentes e instaladas em alturas diferentes, elas trouxeram uma atmosfera diferenciada para o quarto. Trazendo um certo romance e aconchego com sua iluminação”, explica a arquiteta.

Mais lidas