Como usar cobogós na decoração

Como usar cobogós na decoração
Avaliação 4 - Votos 1

Ícone da arquitetura brasileira dos anos 1950, os cobogós voltaram com tudo em diferentes formas, materiais e utilidades. Criados como alternativa para as altas temperaturas, esses elementos vazados favorecem a ventilação e iluminação natural, delimitam os espaços e ainda possibilitam a integração de ambientes sem, no entanto, tirar a privacidade deles. Veja como usá-los na decoração!

O que são cobogós?

O nome refere-se às iniciais de seus criadores: Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góis, sócios de uma fábrica de tijolos em Recife, na década de 1930, que tentaram criar uma estrutura vazada para as paredes, capaz de aliviar as altas temperaturas nordestinas.

+ Leia também: como deixar o cômodo mais ventilado

Projeto 1: Gustavo Calazans, São Paulo – SP

Um cômodo que precisa comportar várias funções é a realidade das casas atuais. Com a ideia de criar um ambiente plural, o arquiteto Gustavo Calazans aproveitou o corredor lateral desta casa para reunir escritório, sala de refeições e área de TV.’

Como usar cobogós na decoração

Os cobogós possibilitaram uma ventilação cruzada e a entrada de luz natural. Uma ideia que pode ser percebida no bolso.

Como usar cobogós na decoração

Projeto 2: Gustavo Calazans, São Paulo – SP

Existem diversos modelos de cobogós. “Os elementos esmaltados e de vidro são preferidos pela facilidade de limpeza”, aponta o arquiteto Gustavo Calazans. No projeto abaixo, eles foram usados para isolar parcialmente a área de trabalho.

Como usar cobogós na decoração

“Um cobogó cerâmico costuma ser mais barato. Basta pintá-lo com tinta esmalte e ele ficará parecido com os cobogós esmaltados, que são mais caros”.

Projeto 3: Gustavo Calazans, São Paulo – SP

Como usar cobogós na decoração

Estampas floridas, poás, xadrez e um tapete de cor azul vibrante…o segredo para misturar tudo isso sem parecer exagerado é investir numa base neutra e clara, com destaque para o piso vinílico de cor sólida. “É uma excelente solução quando se deseja fazer composições coloridas, com estampas e texturas”, salienta Gustavo Calazans. A composição aliada ao uso de cobogós deu um toque retrô ao ambiente.

+Leia também: cuidados na hora de escolher um apartamento para alugar

Texto Larissa Faria
Fotos Dulla/Evelyn Muller/ Cacá Bratke/Divulgação

Mais lidas