Como escolher lustres e pendentes para sua casa

Como escolher lustres e pendentes para sua casa
Avaliação 1.5 - Votos 2

Você já pensou em decorar sua casa com lustres e pendentes? Essas peças podem trazer um ar tanto contemporâneo quanto clássico, dependendo do jeito que você vai utilizá-los. Segundo o arquiteto Márcio Barth, não existe certo e errado – cada local poderá ter um lustre diversificado. Veja dicas do especialista e saiba como utilizar pendentes e lustres para alterar a iluminação dos espaços.

Onde colocar os lustres

De acordo com o arquiteto, de maneira geral, os os lustres são peças de iluminação mais elaboradas e com muitos detalhes. “Eles podem ter uma conotação mais clássica ou mais contemporânea. Como é um objeto que agrega valor ao ambiente, podemos utilizar com maior frequência em salas de estar, recepções, e até nos quartos, com certo bom senso”, explica.

No entanto, o especialista alerta para nunca utilizar lustres na cozinha ou área de serviço. “Na cozinha, a gordura proveniente dos alimentos irá impregnar rapidamente o lustre, tornando-o sujo e de difícil limpeza. Na área de serviço ele será um item que irá atrapalhar no dia a dia deste espaço”, conta.

Cuidados na hora de escolher o lustre

O principal cuidado na hora de escolher o lustre ideal é verificar sua dimensão, para poder ornar corretamente com o espaço. “É bom verificar também o numero de lâmpadas que o compõem, a fim de evitar um aquecimento excessivo no local em que será instalado. Observe também o peso, vislumbrando o sistema de fixação mais apropriado ao local”, aconselha o arquiteto.

Evite lustres, luminárias ou pendentes que contenham muitas peças plásticas e o soquete de plástico, pois esses podem esquentar demais e derreter, ocasionando até mesmo em curto-circuito.

Pendentes na decoração

Márcio afirma que os pendentes trazem uma iluminação mais direta, ou seja, produzem um foco ou uma delimitação da iluminação, criando um aspecto mais aconchegante e acolhedor. “Desta forma, eles são ótimos para serem colocados sobre mesas de jantar ou estar, nos cantos das paredes ou sobre mesinhas e criados mudos. Não é aconselhável instalar os pendentes em área de circulação, pois com certeza irão atrapalhar a sua locomoção”, diz.

As lâmpadas mais indicadas para lustres e pendentes

A eficiência depende do que se busca com a iluminação. “Os lustres ou pendentes são ‘suportes’ e o que difere a iluminação é o tipo de lâmpada que usamos. Portanto, se a intenção é ter um ambiente altamente claro, onde por exemplo, no local de trabalho, a lâmpada mais indicada seria uma fluorescente, pois emite baixa radiação calórica, ajudando na conservação da temperatura do ambiente, e proporcionando uma iluminação intensa e constante”, aponta Márcio.

Contudo, se a intenção é ter uma iluminação mais amena, mas ainda intensa, o arquiteto afirma que o indicado seria optar por lâmpadas compactas, incandescentes ou até mesmo a nova tecnologia de superleds.

“De forma geral, como os lustres e pendentes são ‘casulos’ para lâmpadas, eles irão sempre filtrar um pouco da iluminação em comparação a um tipo de luminária mais exposta como o plafon, por exemplo”, acrescenta o especialista.

Consultoria
Márcio Barth – Arquiteto e Urbanista. Diretor executivo da Base2 Arquitetura – www.base2arquitetura.com

Tags:

Mais lidas