Antes e depois de cobertura em São Paulo

Avalie

O projeto de reforma deste apartamento de cobertura de aproximadamente 45m2, que inicialmente continha dois quartos, foi encomendado por um jovem casal. No pequeno apartamento, eles pretendiam ter espaços mais integrados e aconchegantes.

ANTES

Antes e depois de cobertura em São Paulo

Foto: Divulgação

Antes e depois de cobertura em São Paulo

Foto: Divulgação

Antes e depois de cobertura em São Paulo

Foto: Divulgação

Principais mudanças

Para ampliar o espaço, o projeto abriu mão de um dos quartos. “ Com a demolição do segundo dormitório foi possível criar os ambientes para TV e home office, estar, balcão integrado à cozinha e lavabo”, conta o arquiteto responsável pelo projeto Fábio Marins.

+Leia também: projetos de apartamentos pequenos para você se inspirar

Na cozinha, uma parte da parede foi demolida, para ser integrada com a sala de estar. O balcão de madeira jequitibá fez o papel de divisor de ambientes, além de trazer conforto e sofisticação ao espaço.

O lavabo foi um ponto importante do projeto, já que possibilitou que o quarto do casal se tornasse uma suíte. Na construção do lavabo, a opção do arquiteto foi o tijolo maciço aparente, criando um clima mais descontraído e aconchegante para o apê.

DEPOIS

Antes e depois de cobertura em São Paulo

Foto: Divulgação

Antes e depois de cobertura em São Paulo

Foto: Divulgação

Antes e depois de cobertura em São Paulo

Foto: Divulgação

Iluminação mais adequada

Segundo o arquiteto, a iluminação priorizou ângulos mais fechados, de forma que delimitasse os ambientes, dando a sensação de maior amplitude. “As cores foram escolhidas em tonalidades neutras para valorizar as cores dos acessórios e objetos da decoração”, aponta Fábio.

+Leia também: apartamento de solteiro pequeno e descolado

Revestimentos utilizados

Na cozinha e no banheiro, boa parte dos revestimentos foram substituídos por pintura, os azulejos foram utilizados somente nas áreas molhadas. “O resultado foi um apartamento totalmente integrado que ganhou amplitude visual, luz natural e ventilação cruzada, dando a sensação de ser bem maior do que seus poucos 45m2”, finaliza o profissional.

Consultoria

Marins Arquitetura

Mais lidas