Acerte na escolha do piso

Avalie
piso de madeira

Foto: Thinkstock/Getty Images

Confira quais são os tipos de pisos mais utilizados e as principais características de cada um:

Cerâmica

O chamado piso frio é um dos preferidos por ser prático e mais em conta. Não mancha, não retém poeira e é fácil de limpar: basta passar vassoura, aspirador de pó ou pano úmido.Versátil, pode ser usado em banheiros, cozinhas, quartos, salas, áreas externas e como revestimento de paredes. Existem modelos lisos, marmorizados, que imitam madeira ou pedras naturais.

Porcelanato

É um tipo de cerâmica produzida com matérias-primas nobres. Tem baixa absorção de água, maior resistência mecânica e menor dilatação térmica, por isso, dura mais. Pode ser usado em áreas residenciais ou comerciais, nos mais variados cômodos e nas paredes. A desvantagem é o custo, sempre maior que o da cerâmica comum.

Granito e mármore

São pedras naturais, portanto, dentro de uma única linha,  as peças são diferentes. O mármore, normalmente, é aquele que tem “veios” e o granito é bem “pintadinho”. Tratam-se de pisos resistentes, mas com alta absorção de água e, dependendo da qualidade do produto, podem apresentar manchas quando encharcados.

Laminado

Mais prático do que o assoalho maciço, é composto por lâminas de madeira. A aplicação é rápida e pode ser feita sobre outros pisos, se estiverem bem nivelados. Moderno e bonito, é cada vez mais usado para criar ambientes aconchegantes, mas somente em áreas secas. É mais resistente que o carpete de madeira, a limpeza é fácil e a garantia para residências é de até 16 anos.

Reformas sem “surpresas”

– Caso opte pelo piso cerâmico, saiba que existem várias classificações de qualidade: a peça do tipo B, por exemplo, tem defeitos visíveis, como bolhas ou erros no desenho.

– Os pisos com base branca absorvem menos umidade do que os de base vermelha.

– Há também o PEI, que é um indicador da resistência do piso, com escala de 1 a 5, sendo o 5 mais recomendado para locais de grande circulação. Por isso, o segredo para comprar uma boa cerâmica é escolher de acordo com o uso e o local de instalação.

– Em uma garagem, por exemplo, use o PEI 5, por causa da sua resistência mecânica; já no banheiro, o PEI pode ser 3: esse local não sofre o mesmo tipo de desgaste. O mais usado nas casas é o PEI 4.

– Pisos com brilho são os preferidos para banheiros e cozinhas, com revestimentos de parede que seguem a mesma linha. Os foscos ou acetinados ficam ótimos em salas e também dormitórios. Já os modelos rústicos são muito usados em áreas externas e varandas.

– Quanto às cores, as claras são sempre as mais pedidas, já que ampliam os ambientes.

 

Consultorias

Thais Paszko, arquiteta e gerente de especificação da Gyotoku. Fone: (0xx11) 3232-5300. Site: www.gyotoku.com.br 

Flavia Athayde Vibiano, gerente de marketing dos pisos laminados Eucafloor. Site: www.eucatex.com.br

Texto Aline Mendes

Tags:

Mais lidas