5 dicas para usar pastilhas na decoração

Avalie

Estilos, cores e formatos de pastilhas permitem que projetos ganhem um toque especial. As profissionais da Traço Final Arquitetura Elaine Baggio e Fernanda Bittencourt contam como combinar o elemento na decoração.

1. Detalhes

5 dicas para usar pastilhas na decoração

Divulgação

O uso de pastilhas em um cômodo não precisa ser necessariamente em uma parede inteira, do teto ao chão. Elas podem ser usadas em detalhes do ambiente, apenas dando um toque de sofisticação.

2. Cores
Com a orientação de um profissional, explore as cores nos ambientes e não tenha medo de ousar. Misture tons neutros com cores vivas, mas leve em consideração o que é mais adequado para o espaço. “As cores em um ambiente precisam conversar entre si”, explica a arquiteta e sócia, Fernanda Bittencourt.

Saiba Mais

Dicas para pintar a parede você mesmo 
Acerte na escolha do piso
Aplicativo mede a área de cômodos ao encostar celular na parede 

3.Texturas

5 dicas para usar pastilhas na decoração

Divulgação

Não tenha medo de misturar diferentes tipos de pastilhas em um ambiente. “É perfeitamente possível usar uma pastilha de vidro e uma de madeira, desde que haja bom senso e a ajuda de um profissional”, comenta a engenheira civil e sócia, Elaine Baggio.

4. Rejunte e argamassa
Deve-se prestar atenção no tipo de rejunte a ser utilizado, pois existem várias opções e a escolha do tipo correto pode dar um toque especial à decoração. Também existem argamassas específicas para o assentamento de pastilhas, que são mais colantes e aderentes.

5. Tamanho
O revestimento pode ser aplicado quando a intenção é fazer o ambiente parecer maior. Pastilhas pequenas promovem sensação de amplitude em um cômodo, mas é preciso tomar cuidado com os tamanhos. Áreas maiores, como piscinas, pisos e paredes inteiras pedem formatos grandes.

Texto: Monique Lima/Colaboradora

Mais lidas