Filhos com problemas na nova escola

Avalie
Filhos com problemas na nova escola

Foto: Thinbkstock/Getty Images

Sempre que o período escolar se inicia, é comum que as mães tenham receio de como os filhos se comportarão na nova rotina de uma escola diferente, principalmente quando eles são pequenos. 

Segundo a educadora Suely Buriasco, a adaptação pode demorar um pouco para acontecer. “

Normalmente, a criança leva duas a três semanas para se adaptar e é importante respeitar o tempo de cada uma. As atitudes dos pais são o que realmente influenciam no sucesso desse processo”, afirma ela.

Entenda os sinais

Quando a criança se sente insegura ou insatisfeita na nova rotina escolar, é comum que ela mude alguns comportamentos ou demonstre insatisfação em assistir as aulas. Alterações comportamentais são sempre sinais importantes de que a criança está com problemas.

Observe mudanças como:

– Disfunções no sono;

– Falta ou excesso de apetite;

– Irritabilidade;

-Choro excessivo.

Você deve ficar de olho, também, em qualquer outra alteração que não corresponda ao comportamento natural da criança. “ Deve ser mais bem analisado se a criança demonstra medo e desconforto, queixas de dores e mal estar, principalmente no horário de ir para a escola.”, esclarece Suely.

Quais atitudes tomar

Caso você perceba que seu pequeno não quer mais ir à escola e se esconde de suas obrigações relacionadas à aula, cuidado para não tomar atitudes precipitadas.

A criança pode entender essas atitudes dos pais como fuga e criar uma crença de que diante das dificuldades é melhor desistir.

O melhor é que você tente melhorar a situação. Ouça a  criança e converse com o responsável pela instituição para entender o que pode ter acontecido antes de decidir se o problema está mesmo com a escola.

Conversar com professores para entender como é o comportamento do seu filho também pode ser a chave para tentar conversar com a criança. Tente entender que, para eles, esse é um momento crucial no aprendizado, mas que, mesmo assim, é muito difícil se situar em uma rotina desconhecida.

Consultoria: Suely Buriasco. Educadora e mediadora de conflitos. www.suelyburiasco.com.br

Mais lidas