Massagem tailandesa: aprenda essa técnica de sedução

Massagem tailandesa: aprenda essa técnica de sedução
Avaliação 3 - Votos 2

A massagem tailandesa é famosa por esquentar os momentos a dois. Por isso, vale a pena investir nessa técnica de sedução, demonstrando todo o carinho e desejo no parceiro.

De acordo com a sexóloga Patrícia Cardoso, o papel da mulher na relação amorosa tem deixado de ser passivo para influenciar de forma mais ativa no comportamento afetivo-sexual do casal. Para a especialista, é preciso sensibilizar as mulheres quanto à importância da sexualidade na vida dos parceiros e apontar caminhos através do lúdico para o uso da criatividade no jogo erótico. E por que não aprender a fazer a massagem tailandesa hoje mesmo? Confira as dicas da sexóloga e prepare seu par para uma noite inesquecível!

 

Como fazer massagem tailandesa:

1 – Coloque uma música sensual e relaxante.

2 – Vá tocando de maneira lenta e contínua todo o corpo dele, inicialmente sem tocar os órgãos genitais.

3 – Coloque um óleo aromatizado em suas mãos e deslize-as suavemente pelo corpo do seu parceiro. Faça movimentos circulares e suaves.

4 – Diga palavras excitantes no ouvido dele enquanto o massageia.

Pontos do corpo

As zonas erógenas no homem e na mulher que podem ser estimulados com a massagem tailandesa são basicamente as mesmas: os ombros, o pescoço, as costas, a nuca, as axilas, as coxas, a virilha, as nádegas, o períneo e os pés. Segundo a sexóloga Patrícia Cardoso, a dica é também dar atenção às costas do joelho, local altamente sensível ao toque.

Na mulher: os seios, púbis e as coxas.

No homem: o pênis (massageando da base em direção à glande), a bolsa escrotal e os mamilos.

mulher fazendo massagem tailandesa no homem

FOTO: Shutterstock.com

Tipos de massagem

Se você é fã de massagem nos momentos a dois, saiba que a tailandesa está entre estre os três tipos mais desejados dos casais. Contudo, se o momento pedir menos erotismo e mais relaxamento, aposte na massagem nos pés ou nas costas.

Confira as características dessas massagens e aprenda a fazer cada uma delas.

Reflexologia – Através das técnicas da reflexologia, que promove o reequilíbrio e a oxigenação do organismo estimulando determinados pontos dos pés, deixe seu parceiro nas nuvens. “Basta massagear, friccionar e pressionar um dos pés do parceiro, enquanto ele estiver deitado de bruços. Alterne, depois, para o outro pé”, aconselha a sexóloga.

Relaxante – Para uma massagem relaxante, toque suavemente todo o corpo, com as mãos besuntadas de óleo para massagem. Capriche nas costas e ao longo da coluna, começando da nuca  ao cóccix. Essa massagem ajuda a combater o estresse, promovendo uma incrível sensação de bem-estar. “Para despertar o parceiro, massageie as costas com uma toalha aquecida e termine com vários beijinhos, da nuca ao cóccix”, orienta Patrícia.

Sensual – A massagem tailandesa também é chamada de massagem erótica ou sensual. Nesse tipo de massagem, os movimentos circulares também deverão ser suaves. Mas você deverá estimular as zonas erógenas. A massagem sensual é uma forma criativa de dar mais atenção às preliminares. Você pode, inclusive, usar os seios para acariciar as costas de seu parceiro.

SAIBA MAIS:

5 dicas para um sexo fantástico

Como é a mente de quem gosta de fetiche sexual

Sexo oral: as melhores posições para dar e receber prazer

velas-massagem-tailandesa

FOTO: Shutterstock.com

Óleos e acessórios afrodisíacos

Para incrementar sua massagem, aposte nos óleos aromatizados a base de canela, ylang-ylang, sândalo e almíscar, que são considerados afrodisíacos. “Outra opção é usar um lubrificante íntimo que também é gel para massagem e esquenta suavemente em contato com a pele”, lembra a sexóloga. Conte também com a ajuda de acessórios de textura suave, como lenços de seda, plumas e luvas de cetim, que podem percorrer o corpo do seu parceiro de maneira suave e provocante.

Consultoria: Patrícia Cardoso, sexóloga.

Mais lidas