Conheça o pente ideal para cada tipo de cabelo

Profissionais do ramo da beleza dão dicas importantes para ajudar na missão de encontrar o modelo correto para os seus fios

tipos de pente
Foto: Shutterstock

Sabia que os diferentes tipos de pente são fundamentais para manter a beleza de cada perfil de cabelo? Muita gente não tem noção de como a escolha correta pode ajudar na saúde dos fios e evitar problemas como quebra e frizz.

Existe uma infinidade de modelos no mercado: largos, finos, com cabos longos, curtos, de plásticos, madeira. Muitas vezes, a diversidade é tanta que a distinção fica complicada.

Mas, para ajudar nessa missão, profissionais do ramo da beleza dão dicas de como encontrar o artigo perfeito para as suas madeixas. Confira as dicas do personal hair do Shades Studio, Ivan Santos e do hairstyle do Gilberto Cabeleireiros, Marcos Coraza.

Para cabelos cacheados

Ivan diz que, normalmente, os fios cacheados são finos e, muitas vezes, frágeis. Por isso, é necessário escolher pentes de dentes largos, com dentes de 2 a 3 milímetros de distância.

O profissional ainda alerta sobre a preferência dos artigos de madeira ou ionizados para esse tipo de cabelo. “Graças ao material, eles auxiliam na redução do frizz”.

Ivan também dá uma dica importante para as cacheadas desembaraçarem os fios. “Tenha sempre um borrifador em mãos caso o cabelo não tenho sido lavado”, ressalta.

Segundo o personal hair, o processo de organizar as madeixas pode ser realizado da seguinte maneira: “Faça uma linha circular, começando na ponta da sobrancelha e seguindo sobre a orelha até completar um círculo. Prenda a parte superior, umedeça a parte inferior e comece a desembaraçar a partir das pontas, indo progressivamente em direção à raiz. Depois, solte a parte superior e repita o processo. Podem ser utilizados óleos, silicone e leave-in para auxiliar”.

Para cabelos crespos

Esse tipo de cabelo também é conhecido pela fragilidade do fio. “Normalmente, ele tem uma textura fina, o que facilita a quebra se forem desembaraçados de forma incorreta. O melhor pente para esse perfil é aquele com uma distância que varia de 4 a 6 milímetros entre os dentes, conhecido como pente garfo”, orienta Ivan.

Marcos ressalta que, no caso dos cabelos crespos, é importante não desembaraçar as madeixas quando estiverem secas, pois isso não só dificulta o processo, como também pode machucar o couro capilar. “O pente pode ser de madeira, plástico ou metal, desde que ionizado”.

Para ter um alinhamento perfeito dos fios, Ivan orienta: “Faça uma divisão começando na fronte (meio da testa) até a nuca e, depois, dívida de orelha a orelha, num formato de cruz. Após prender as 4 seções, comece desembaraçando a parte inferior, das pontas para a raiz, prosseguindo até a parte superior. Também podem ser utilizados óleos e silicone para facilitar”.

Para cabelos lisos

Esse modelo de madeixa também enfrenta uma grande dificuldade na escolha dos melhores tipos de pente ou escova, pois, há uma variedade maior de textura de fio: grossos, finos e mistos.

“As opções ideais são as de plásticos com dentes não muito espaçados, podendo ser com ou sem cabo. Se puder, dê preferência aos pentes profissionais e importados, são muito especiais e valem o investimento”, orienta Marcos.

Para Ivan, não é necessário o uso de borrifador nem de óleo de silicone para essa perfil de cabelo. “Uma vez que esses produtos deixam esse modelo de fio muito pesado e oleoso. Nesse caso, você vai precisar apenas de uma escova raquete, que pode ser quadrada, arredondada ou oval”, esclarece.

O profissional do Shades Studio também dá uma dica para o processo de desembaraçar cabelos lisos: “Faça uma divisão prendendo a parte superior, e, assim, começar penteando a parte inferior, das pontas para a raiz, de forma delicada. O formato da escova raquete contribui bastante para não quebrar esse tipo de madeixa. Por ser fabricada com cerdas mistas e espaçadas, é adequado para os lisos”, conclui.

Dica: não esqueça de sempre higienizar todos os tipos de pente semanalmente, lavando-os com água morna para a eliminação de bactérias. No caso dos modelos de madeira, apenas passe um pano úmido. E não se esqueça de secá-los.

Leia também: