Fruteira ou geladeira? Descubra onde conservar melhor suas frutas

Acabe com as dúvidas e saiba a forma adequada de guardar cada tipo de fruta!

Fruteira ou geladeira?
Foto: Shutterstock

Cada fruta possui características próprias. Para preservar as propriedades e o sabor por mais tempo, é essencial cuidar da temperatura e da umidade do local de armazenamento. Fruteira ou geladeira? Qual é a opção correta na hora de armazenar esses alimentos?

Com certeza você já se perguntou como fazer para as frutas durarem mais tempo – sem estragar. Pensando nisso, conversamos com as nutricionistas Greice Caroline Baggio e Sylvia Tosi, que contaram quais são os locais ideais na cozinha para conservar os diferentes tipos de fruta. Confira!

E aí, fruteira ou geladeira?

Sempre bate aquela incerteza quando o assunto é armazenamento das frutas. A nutricionista Greice explica sobre a conservação: “Baixa umidade provoca perda de água, o que deixa a fruta murcha. Já a umidade excessiva facilita o desenvolvimento de micro-organismos”.

Por isso, a fruteira precisa estar em um local limpo, arejado, seco e longe de insetos. “Algumas frutas podem ficar em temperatura ambiente, pois não estragam com facilidade, como é o caso da banana, maçã, abacaxi e melão”, ressalta a nutricionista Sylvia Tosi.

Fruteira ou geladeira
Foto: Shutterstock

Além disso, Sylvia conta que frutas como o morango, o kiwi e a pera precisam ser guardados na geladeira, já que estragam com mais facilidade. Em geral, os frutos frescos e inteiros devem ser refrigerados só após o amadurecimento, sendo sua durabilidade maior quando armazenados na parte inferior da geladeira (ou gaveta específica).

Depois de cortadas, as frutas também devem ir sempre para a geladeira, assim como as frutas secas, que devem ser mantidas refrigeradas após a abertura da embalagem. “Na geladeira, coloque sempre as frutas já maduras, inteiras ou cortadas em recipientes bem vedados”, recomenda Greice.

Algumas dicas

Para evitar a oxidação das frutas, que leva à perda de vitaminas, o ideal é cortá-las logo ou pouco antes do consumo. Mas, se sua rotina alimentar agitada exige picar com antecedência, evite aquelas que estragam mais facilmente como peras e maçãs.

Ainda assim, se precisar guardar esse tipo de fruta, Greice dá uma dica. “Para que ela não escureça, pode ser colocada de molho durante alguns minutos em suco de limão. Outra opção é congelar para uso posterior em preparações como sucos, vitaminas e receitas em geral”, finaliza.

Agora você já sabe quando escolher a fruteira ou geladeira e aproveitar suas frutas sempre fresquinhas!

Leia também: