ENTRETENIMENTO

Período Constitucional: como foi o governo de Getúlio de 1934 a 1937?

Entre 1934 e 1937, o Brasil foi governado pelo presidente Getúlio Vargas. Descubra quais os fatos marcantes que ocorreram durante o Período Constitucional.

None
FOTO: Wikimedia Commons

por Redação Alto Astral
Publicado em 24/08/2016 às 14:35
Atualizado às 18:15

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Em 24 de agosto de 1954, o Brasil recebeu a notícia que o então presidente Getúlio Vargas havia se suicidado. Assim, devido à data histórica, resolvemos relembrar como o governante conseguiu se manter no poder durante os anos conhecidos como Período Constitucional.

Capa da Constituição de 1934 aprovada durante o Período Constitucional da Era Vargas

Capa da Constituição de 1934 (FOTO: Wikimedia Commons)

Dois anos após a Revolução Constitucionalista, em 16 de julho de 1934, foi promulgada uma nova Constituição brasileira. O documento trouxe a instauração do salário mínimo, de leis trabalhistas e criou o Tribunal do Trabalho. Contudo, embora tenha instituído direitos que existem até hoje, foi a Constituição que menos durou em toda a história do país: foram apenas três anos de “funcionamento”.

Além da promulgação das novas leis, o ano de 1934 também ficou marcado pelo fato de que os constituintes elegeram, definitivamente, Getúlio Vargas como presidente do Brasil.

Fim do Período Constitucional

Já em 1937, ao fim do Período Constitucional, uma nova campanha eleitoral começou para escolher o possível sucessor de Vargas. No entanto, o presidente já articulava formas de continuar governando. Foi, no final deste ano, que ele encontrou o pretexto que faltava para dar o famoso golpe de Estado.

Lideranças das Forças Armadas entregaram uma carta para Vargas dizendo que existia uma conspiração comunista contra o seu governo. Tudo não se passava de uma farsa, mas Getúlio utilizou isso a seu favor. No rádio, o presidente anunciou que as eleições estavam canceladas e instituiu o Estado Novo.

SAIBA MAIS

O fim de uma era! Morte de Getúlio Vargas completa 62 anos

As últimas horas de Getúlio Vargas

Texto: Redação Edição: Érica Aguiar