ENTRETENIMENTO

Pães: confira 10 variedades dessa paixão nacional

Os pães são fontes de carboidratos e estão entre as paixões dos brasileiros. Confira 10 variedades dessa delícia e escolha a sua preferida.

None
Foto iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 29/08/2016 às 19:53
Atualizado às 16:15

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Os pães são ricos em carboidratos (principal fornecedor de energia), vitamina B, fibras, proteínas vegetais e sais minerais. Acusado de ser um dos vilões responsáveis pelas gordurinhas indesejadas, o pão, na realidade, é essencial para uma dieta equilibrada, desde que seja consumido sem exageros e na sua versão integral, que oferece mais nutrientes. Conheça os principais tipos de pães presentes na mesa dos brasileiros.

Pães, diversos

Foto iStock.com/Getty Images

Francês

Também conhecido como pão de sal, foi criado no início do século XX. Na época, os turistas brasileiros que experimentavam um pão muito famoso na França pediam a seus cozinheiros que repetissem a receita. Após tentativas e erros, acabou-se criando o pão francês abrasileirado. Possui diversas variações, como a baguete, e deve ser consumido com moderação, pois pode fazer o ponteiro da balança subir.

Preto

Originário da Alemanha, é produzido com farinha de trigo integral e de centeio. Possui cor escura, sabor mais forte e uma casca grossa e dura. Também chamado de pão alemão.

Integral

Produzido a partir da farinha de trigo integral, que mantém o gérmen e o farelo do grão, possui alto teor de fibras que melhora o funcionamento do intestino e permite uma absorção de nutrientes mais lenta, o que ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue.

Pão Integral, com coração branco na fatia, sementes

Foto Shutterstock.com

De leite

De sabor suave e adocicado, é feito com farinha de trigo, leite, ovos, manteiga, açúcar e sal. Por isso é um pouco mais calórico que outros pães, como o francês e o italiano.

De forma

A massa leve é sempre colocada em uma forma antes de ir ao forno. Por levar açúcar em sua receita, concentra um gosto mais adocicado que o francês. É frequentemente consumido em sanduíches ou na forma de torradas. No mercado, é encontrado em diversas variações, como o light ou o integral.

Sírio

Assado rapidamente em temperaturas altíssimas, pode levar açúcar, sal, azeite de oliva e gergelim em sua preparação. Muito popular no Oriente Médio, foi trazido ao Brasil no início do século XX por imigrantes sírio-libaneses.

pão sirio,tábua de madeira,jogo americano bco

Foto Marcelo Breyne

Ázimo

Diferente dos outros pães, é feito sem fermento, apenas com farinha e água. A preparação da massa não deve ultrapassar 18 minutos para garantir que não fermente. Segundo a tradição judaico-cristã, esse pão foi feito pelos hebreus antes da fuga do Antigo Egito, quando não tiveram tempo de esperar a massa fermentar.

Saiba mais:

Duelo de carboidratos: quando a batata-doce é a melhor escolha?

Descubra quais as funções dos carboidratos no corpo humano

Carboidrato e proteína formam a dupla perfeita. Saiba por quê!

De centeio

Produzido com a farinha de centeio, possui uma massa bastante densa. Tem a cor mais escura e o sabor mais forte que o pão francês. Por causa do seu alto teor em fibras, ajuda a diminuir a absorção de gorduras, controlando o colesterol.

Italiano

Normalmente é feito artesanalmente, com fermento caseiro e cozido em forno de tijolo ou barro. Tem o aspecto rústico e não segue um padrão de produção. No Brasil, porém, é considerado pão italiano aqueles de crosta grossa e dourada, com massa aerada e sabor ácido. Normalmente é servido com fondue de queijo ou sopas.

pão italiano com sopa de cebola

Foto Alfredo Franco

De milho

Feito com a mistura das farinhas de trigo e milho (fubá), pode ser incrementado com sementes de erva-doce. Pão tipicamente brasileiro, também é conhecido em outras regiões como broa ou pão de fubá.