ENTRETENIMENTO

Holandesa desiste das Olimpíadas para preservar seu cavalo

Uma holandesa passou por uma difícil decisão nas Olímpiadas. Ao ver seu cavalo doente, Adelinde Cornelissen optou por cuidar da saúde do amigo que competir

None
Foto: Reprodução/Facebook

por Redação Alto Astral
Publicado em 13/08/2016 às 17:24
Atualizado às 16:14

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Uma amazona holandesa mostrou o que o amor por um animal nessas Olimpíadas Rio 2016. Adelinde Cornelissen decidiu desistir da competição para preservar a saúde de Parzival, seu cavalo de 19 anos, que ficou doente um dia antes da prova de adestramento por equipes.

adelinse e seu cavalo parzival

Foto: Reprodução/Facebook

Mesmo com a recuperação rápida do animal e da liberação dos veterinários da Federação Internacional de Esportes Equestres, Adelinde preferiu poupar o velho amigo do estresse da competição. A amazona postou uma mensagem em seu Facebook para justificar sua atitude:

“A fim de protegê-lo, eu desisti… Meu amigo, meu companheiro, o cavalo que deu tudo para mim por toda a sua vida não merece isso…. Então, eu saudei e deixei a arena […] após verificação dos veterinários, concluíram que ele foi mordido por um inseto, aranha ou algum tipo de animal que produz toxinas.” Ela ainda conta que o tratamento que Perzival recebeu foi ótimo para o companheiro, mas a fez refletir. “O que fazer? Ele está apto agora, mas você sabe o que aconteceu ontem… Ninguém para me substituir caso eu desista...”, disse.

Com sua desistência, a Holanda, seu país, ficou em quarto lugar, já que um dos cavalos da equipe não estava lá. Apesar disso, a amazona não se arrepende da difícil decisão.

VEJA TAMBÉM

5 declarações emocionantes dos atletas nessas Olimpíadas

Fã de Michael Phelps vence o ídolo nas Olimpíadas Rio 2016